terça-feira, 20 de junho de 2017

PEDRÓGÃO GRANDE -"UM FILME DE TERROR" (PAIS E 6 FILHOS DESAPARECIDOS) , QUE ACABOU EM BEM - VER ATÉ AO FIM

                                                              A ANGÚSTIA DE UM BOMBEIRO                 

                                                    

ATUALIZADO
António desce da velha pick-up Land Rover amarela e aproxima-se em sobressalto da sede da Associação Florestal, em Pedrógão Grande. A respiração é ofegante, não contendo o choro mal se aproxima da escadaria logo à entrada, e atira, de mãos pousadas sobre a cabeça e olhos voltados para o céu: “Oh senhora engenheira, oh senhora engenheira! Estão seis meninos, seis pequenitos, desaparecidos, ninguém sabe deles nem dos pais desde sexta-feira. Ligaram-nos agora uns vizinhos, temos que ir até lá, temos que ir, senhora engenheira!” António é bombeiro sapador em Pedrógão Grande há vinte e seis anos. Não tem memória de uma tragédia como a dos últimos dias. Aproxima o rosto do de Tânia Ferreira, técnica florestal, e sussurra-lhe, insistindo, quase clamando: “Temos que ir ver deles, a sério…
Ler aqui:

“Estão seis meninos desaparecidos em Salaborda. Temos de ir ...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial