terça-feira, 21 de novembro de 2017

A "GUERRA" DOS PROFESSORES - ANTÓNIO COSTA VOLTA A ADIAR REFORMA CURRICULAR A PENSAR NAS ELEIÇÕES DE 2019


                                                                                             Resultado de imagem para Costa volta a adiar reforma curricular a pensar nas eleições
21 de novembro 2017
Primeiro-ministro só quer a flexibilização curricular em todas as escolas em setembro de 2019. Até lá, António Costa quer testar e afinar a medida e evitar mais contestação durante a legislatura
Ler aqui:

Costa volta a adiar reforma curricular a pensar nas eleições

SECA - GOVERNO ADMITE RACIONAMENTO DE ÁGUA DURANTE A NOITE


21 DE NOVEMBRO DE 2017                                 Resultado de imagem para Governo admite racionamento de água à noite09:23
Secretário de Estado do Ambiente admite medida para reduzir perdas de água, pelo menos no período noturno
Ler aqui:


PORTUGAL, O PAÍS QUE TEMOS - DENTRO DO EURO NÃO HÁ DINHEIRO


Dentro do euro não há dinheiro


(Jorge Bateira, in Facebok, 21/11/2017)
euros
Comecei o dia a ler as queixas de muitos reformados e pensionistas numa discussão a propósito das negociações com os professores e suas implicações orçamentais. Ter-se-á aberto a caixa de Pandora. De impulso, publiquei este comentário que aqui reproduzo:
Caros amigos, por muito que vos custe, a atitude política da imensa maioria dos atingidos pela austeridade da troika é inconsistente. Na altura, engoliram a propaganda de que “a culpa foi nossa por termos gasto acima das nossas possibilidades”. Agora, engoliram a propaganda do “virámos a página da austeridade”. Como economista e professor de economia política internacional, há anos que tenho investido muito do meu tempo a desmontar estas afirmações que manipulam a opinião pública.
Há vídeos e textos no blogue Ladrões de Bicicletas e na minha página Facebook e da Democracia Solidária – associação política, de que sou presidente, a explicar com clareza que o Governo não pode dar tudo a todos porque está dentro do euro.
Se não querem que o Estado social e o país morram de morte lenta, então (para serem consistentes) têm de reconhecer que dentro do euro não há vida decente. Tornar-nos-emos uma periferia do “espaço vital alemão”, empobrecida, envelhecida, decadente, tal como boa parte do interior do nosso país. Portanto, se querem contestar a política orçamental dos Governos (os anteriores e este) e fazer manifestações, sejam consequentes: manifestem-se pela recuperação da soberania nacional.
Um governo com moeda soberana tem dinheiro para pagar as despesas correntes e o investimento público que estimularão a economia e a criação de emprego. E, então, haverá orçamento para uma reforma justa das carreiras da função pública.
Tomem nota: primeiro o Estado gasta e gera défice -> depois, a economia cresce e gera emprego (o Estado também pode ter programas sociais de emprego) -> a seguir, as receitas do Estado aumentam e os subsídios sociais de desemprego, e outros, baixam => orçamento reequilibrado.
Conclusão: sim, há dinheiro, mas só depois de sairmos do euro e travarmos a fuga do dinheiro dos ricos para os paraísos fiscais (Luxemburgo à cabeça). Agora não fiquem na lamúria querendo ter sol na eira e chuva no nabal.

QUANDO NÃO CONVÉM FALAR, FICAMOS CALADOS - O TECNOSILÊNCIO

Marcelo mordaça
Imagem in Blog 77 Colinas
Já lá vão seis dias e nada. No dia 13 do corrente, o Gabinete anti-fraude da Comissão Europeia (OLAF), deu a conhecer o resultado final das suas investigações aos Fundos Europeus atribuídos à empresa Tecnoforma (ver aqui) e, contrariamente ao que apurou o Ministério Público em Portugal, que arquivou o processo (ver aqui), concluiu pela existência de fraude. E mais, e em conformidade, reclama a Comissão Europeia ser ressarcida na módica quantia de 6.747.462 euros que terão sido atribuídos abusivamente
Ler aqui:

O Tecnosilêncio | A Estátua de Sal

ADEUS , AGÊNCIA EUROPEIA DO MEDICAMENTO

                                                                                                                             O nosso DG e a amiga
21/11/2017
A EMA vai para Amesterdão e daqui a uns quantos dias todos se esqueceram da decisão de colocar naquela cidade a Agência Europeia dos Medicamentos. Mas a crer em Rui Moreia, o político populista que dirige a autarquia do Porto, mesmo depois de já ninguém se lembrar do assunto meia Europa lembrar-se-á de que o Porto tinha condições para receber a agência e muito mais.
Ler aqui:

Adeus EMA - O Jumento - blogger


ESTARÁ PASSOS COELHO INOCENTE? - O IMPOSTO "TECNOFORMA"

                                              Resultado de imagem para O imposto ‘Tecnoforma’
21 Novembro, 2017
Em 2012, no quadro da cooperação em matéria de luta contra a fraude, condição necessária para Portugal ser beneficiário de financiamentos comunitários, as autoridades europeias de investigação e luta contra a fraude (o ‘Organismo de Luta antifraude’) alertadas por magistrados portugueses, iniciam uma investigação à utilização de fundos comunitários pela empresa ‘Tecnoforma’
Ler aqui:

O imposto 'Tecnoforma' - Jornal Tornado

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

PORTELA - CENTRO COMERCIAL DA PORTELA - QUE SE TERÁ PASSADO NO RESTAURANTE E PASTELARIA "O TABULEIRO" ?


1 -HOJE DE MANHÃ ENCONTRAVA-SE FECHADA AO PÚBLICO, ESTA UNIDADE COMERCIAL , ESTANDO COM O GRADEAMENTO DA PORTA UM POUCO LEVANTADO, SAÍNDO DO SEU INTERIOR UM CHEIRO A QUEIMADO?

                             

                                        

   ---------------------------------------------------------------------------------------------------                                     

2-    Recordamos um Post.  publicado sobre um incêndio neste estabelecimento em 2013:         

SÁBADO, 16 DE MARÇO DE 201

 

INCÊNDIO NO CENTRO COMERCIAL DA PORTELA


Hoje, pelas 06hoo. deflagrou um incêndio no espaço do Restaurante e Pastelaria , TABULEIRO onde se procede à confeção dos seus produtos.

Pelas 11h00, os bombeiros- da Portela e Moscavide,Sacavém  e de  Camarate - ainda procediam ao rescaldo do incêndio pelo que o Centro se encontrava encerrado ao público.