terça-feira, 31 de julho de 2012

CAVACO E OS SEUS(ALGUNS) DISCÍPULOS.

COM OS DISCÍPULOS(HÁ 25 ANOS), PASSOS COELHO,RELVAS E MARCELO, ENTRE OUTROS.

A MAIOR REDE IMOBILIÁRIA!!!!

O CARTÃO RELVAS

Cartão Relvas é o exemplo (a brincar) de como quem é "Cliente" de alguma rede de poder está "SAFO"!

UM ADJUNTO PARA A ADJUNTA

Inultrapassável!

Diário da República, 2.ª série — N.º 121 — 25 de junho de 2012

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS
Gabinete da Subsecretária de Estado Adjunta
do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros
Despacho n.º 8443/2012
1 — Ao abrigo do disposto na alínea b) do n.º 1 do artigo 3.º, nos n.os 1,
2, 3 do artigo 11.º e do artigo 12.º do Decreto -Lei n.º 11/2012, de 20 de
janeiro, designo para exercer as funções de adjunto do meu Gabinete o
licenciado João Paulo da Silva Carvalho, do partido político CDS-PP.
2 — Para efeitos do disposto no artigo 12.º do mencionado decreto-
-lei, a nota curricular do designado é publicada em anexo ao presente
despacho, que produz efeitos desde 2 de maio de 2012.
3 — Publique-se no Diário da República e promova-se a respetiva
publicitação na página eletrónica do Governo.
16 de maio de 2012. — A Subsecretária de Estado Adjunta do Ministro
de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Vânia Carvalho Dias da Silva
de Antas de Barros.

ANEXO
Nota curricular
Nome: João Paulo da Silva Carvalho.
Data de nascimento: 13 de abril de 1970.
Habilitações académicas: licenciatura em direito pela Universidade
Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
Experiência profissional:
De 1988 a 2000, exerceu funções como administrativo em empresa
de prestação de serviços;
Desde 2000 a exercer funções no CDS-PP, foi responsável pelo Departamento
de Eventos e Comunicação do CDS/PP, adjunto do coordenador
autárquico, tendo, ainda, colaborado no departamento jurídico.
(Um adjunto para a adjunta, Manuel António Pina
Jornal de Notícias, 11 Jul.2012)
-------------------------------------------------------------------------------------------------

(PAULO PORTAS ANTES DE SER GOVERNO)
CDS-PP acusa PS e PSD de "blindarem boys"
14 Jun, 2010, 14:52 / atualizado em 14 Jun, 2010, 14:52
Paulo Portas acusa o PS e o PSD de deixarem os cargos dos gabinetes dos ministros e das autarquias de fora das medidas de austeridade. O presidente do CDS-PP sustenta que, deste modo, o Estado não tem moral, para impor sacrifícios aos portugueses

segunda-feira, 30 de julho de 2012

PAVILHÃO ATLÂNTICO...VENDIDO AO DESBARATO


O Pavilhão Atlântico custou ao Estado, há 14 anos, 55 milhões de euros a construir. Agora é vendido ao genro do Cavaco e ao BES por cerca de 21 milhões de euros.
Mais uma boa "Troika

O QUE É O SEXO?

O QUE É SEXO, AFINAL:

- SEGUNDO OS MÉDICOS, É UMA DOENÇA, PORQUE ACABA SEMPRE NACAMA.
-PARA OS ADVOGADOS, é UMA INJUSTIçA, PORQUE Há SEMPRE UM QUE FICA POR BAIXO.
- SEGUNDO OS ALENTEJANOS, é UMA MÁQUINA PERFEITA, PORQUE É A ÙNICA EM QUE SE TRABALHA DEITADO.
- SEGUNDO OS ARQUITECTOS, é um erro de projecto, porque a área de lazer fica muito próxima da área de saneamento.
- SEGUNDO OS POLÍTICOS, é um acto de democracia perfeito, porque todos gozam independentemente da posição.
- SEGUNDO OS ECONOMISTAS, é um efeito perverso, porque entra mais do que sai. Às vezes, nem se sabe bem o que é activo, passivo, ou se há valor acrescentado.
SEGUNDO OS CONTABILISTAS, é um exercício perfeito: entra o bruto, faz-se o balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Em alguns casos, pode ainda gerar dividendos.
- SEGUNDO OS MATEMÁTICOS, é uma equação perfeita. A mulher coloca a unidade entre parênteses, eleva o membro à potência máxima e extrai-lhe o produto, reduzindo-o à sua mínima expressão.
- SEGUNDO OS PSICóLOGOS, é F.......... DE EXPLICAR.

domingo, 29 de julho de 2012

POR ISSO É QUE ALÁ LHES DEU CAMELOS!

CASTING DE BEIJOS!!

TINHA DE SER LOIRA.......

SABEM QUEM É CARLOS MOEDAS?

Mais um exemplo de isenção......


Os arautos da transparência, têm como adjunto do primeiro-ministro, o senhor Carlos Moedas, que se veio agora a saber ter 3 empresas ligadas às Finanças, aos Seguros e à Imagem e Comunicação, tendo tido como sócios, Pais do Amaral, Alexandre Relvas e Filipe de Button a quem comprou todas as quotas em Dezembro passado.
Como clientes tem a Ren, a EDP, o IAPMEI, a ANA, a Liberty Seguros entre outros.
Nada obsceno para quem é adjunto de PPC!
E não é que o bom do Moedas até comprou as participações dos ex-sócios para "oferecer" o bolo inteiro à mulher???!!!!. Disse ele à Sábado.
Não esquecer ainda que o Carlos Moedas é um dos homens de confiança do Goldman Sachs, a cabeça do Polvo Financeiro Mundial, onde estava a trabalhar antes de vir para o Governo.
Também o António Borges é outro ex-dirigente do Goldman e que agora está a orientar(!?!?) as Privatizações da TAP, ANA, GALP, Águas de Portugal, etc.
Adoro estes liberais de trazer por casa, dependentes do Estado, quer para um emprego, quer para os seus negócios.
Lamentavelmente, a política económica suicidária da UE, que resultou nas tragédias que ja todos conhecem, acresce a queda do Governo Holandês (ironicamente, acérrimo defensor da austeridade) e o agravamento da recessão em Espanha. Por conseguinte, a zona euro vê o seu espaço de manobra cada vez mais reduzido e os ataques dos especuladores são cada vez mais mortíferos.

Vale a pena lembrar uma vez mais que o Goldman and Sachs, o Citygroup, o Wells Fargo, etc. apostaram biliões de dólares na implosão da moeda única. Na sequência dos avultadíssimos lucros obtidos durante a crise financeira de 2008 e das suspeitas de manipulação de mercado que recaíam sobre estas entidades, o Senado norte americano levantou um inquérito que resultou na condenação dos seus gestores.
Ficou também demonstrado que o Goldman and Sachs aconselhou os seus clientes a efectuarem investimentos no mercado de derivados num determinado sentido. Todavia, esta entidade realizou apostas em sentido contrário no mesmo mercado. Deste modo, obtiveram lucros de 17 biliões de dólares (com prejuízo para os seus clientes).
Estes predadores criminosos, disfarçados de banqueiros e investidores respeitáveis, são jogadores de póquer que jogam com as cartas marcadas e, por esta via, auferem lucros avultadíssimos, tornando-se, assim, nos homens mais ricos e influentes do planeta.

Entretanto, todos os dias são lançadas milhões de pessoas no desemprego e na pobreza em todo o planeta em resultado desta actividade predatória. Tudo isto, revoltantemente, acontece corn a cumplicidade de governantes e das autoridades reguladoras.
Desde a crise financeira de 1929 que o Goldman and Sachs tem estado ligado a todos os escândalos financeiros que envolvem especulação e manipulação de mercado, com os quais tem sempre obtido lucros monstruosos. Acresce que este banco tem armazenado milhares de toneladas de zinco, alumínio, petróleo, cereais, etc., com o objectivo de provocar a subida dos preços e assim obter lucros astronómicos. Desta maneira, condiciona o crescimento da economia mundial, bem como condena milhões de pessoas a fome.
No que toca a canibalização económica de um país a fórmula é simples: o Goldman, com a cumplicidade das agências de rating, declara que um governo está insolvente, como consequência as yields sobem e obriga-o, assim, a pedir mais empréstimos com juros agiotas. Em simultâneo impõe duras medidas de austeridade que empobrecem esse pais. De seguida, em nome do aumento da competitividade e da modernização, obriga-os a abrir os seus sectores económicos estratégicos (energia, águas, saúde, banca, seguros, etc.) às corporações internacionais.
Como as empresas nacionais estão bastante fragilizadas e depauperadas pelas medidas de austeridade e da consequente recessão não conseguem competir e acabam por ser presa fácil das grandes corporações internacionais.
A estratégia predadora do Goldman and Sachs tem sido muito eficiente. Esta passa por infiltrar os seus quadros nas grandes instituições políticas e financeiras internacionais, de forma a condicionar e manipular a evolução política e económica em seu favor e em prejuízo das populações. Desta maneira, dos cargos de CEO do Banco Mundial, do FMI, da FED, etc. fazem parte quadros oriundos do Goldman and Sachs. E na UE estão: Mário Draghi (BCE), Mário Monti e Lucas Papademos (primeiros-ministros de Itália e da Grécia, respectivamente), entre outros. Alguns eurodeputados ficaram estupefactos quando descobriram que alguns consultores da Comissão Europeia, bem como da própria Angela Merkel, tem fortes ligações ao Goldman and Sachs. Este poderoso império do mal, que se exprime através de sociedades anónimas, está a destruir não só a economia e o modelo social, como também as impotentes democracias europeias
.
Texto de Domingos Ferreira
Professor/Investigador Universidade do Texas, EUA, Universidade Nova de Lisboa

sábado, 28 de julho de 2012

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL- 106 ANOS DE VIDA

SENTIR-SE JOVEM...ENVELHECENDO

"O intervalo de tempo entre a juventude e a velhice é mais breve do que se imagina. Quem não tem prazer de penetrar no mundo dos idosos não é digno da sua juventude..."
Augusto Cury

"Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a . Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem, Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos aos, estes ainda reservam prazeres.'"
Sêneca

"Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons."
Carlos Drummond de Andrade

"Devemos aprender durante toda a vida , sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice."
Platão

"A juventude é a época de se estudar a sabedoria; a velhice é a época de a praticar."
Jean Jacques Rousseau

"O que a mocidade deseja, a velhice o tem em abundância."
Johann Goethe



quarta-feira, 25 de julho de 2012

BASKET DE RUA

Basket de Rua (mais de 11 milhões de pessoas já viram este filme)

Percam 4 minutos e tal, a ver este video bem divertido.
Irving ( Nº1 do Draft e considerado rookie deste ano na NBA).
Vestiram-no e fizeram maquillage para ter o aspecto de um velho de 80 anos.

Foi para um campo de basket de rua e no principio jogou da pior
maneira. Depois foi o show que pode ver
.

NINGUÉM ENGANA O ALENTEJANO!!!!



O alentejano mais pobre da aldeia só tinha uma bicicleta, mas um dia aparece no Café Central com um descapotável.Admirados, perguntam os conterrâneos:
"Atão cumpadri, onde arranjou esse carrinho?
""Nem calculam! Na estrada vi uma moça, por acaso bem jeitosa, a chorar e perguntê "o que é que se passa?"Atão ela disse-me "veja lá, um carrinho tão novo e já avariado!". Atão, abri o motor, liguê dois fios e pronto! O carro estava arranjado.Atão ela puxou-me para trás de um chaparro, despiu-se toda e disse-me "para pagar o trabalho que o senhor teve,faça o que quiser!". E eu fiz o que quis, meti-me no carro e abalê com ele."
Em coro, respondem os outros:"E vossemecê fez muito bem. De certeza que a roupa também nã lhe servia..."

30 ANOS DE PROGRESSO INCOMPARÁVEL


Situação: O fim das férias.
Ano 1978:Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2010:Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminamos as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e diarreia.

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga.
Ano 1978:O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2010:A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas.
Ano 1978:Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos eacabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2010:A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar,O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insisteem colocar a jornalista à porta da escola a apresentar o telejornal,mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas.
Ano 1978:Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2010:Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este.
Ano 1978:O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai àuniversidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2010:Prendem o pai do Luís por maus-tratos a menores. Sem a figurapaterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar.
Ano 1978:Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2010:A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego.Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia emterapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria portrauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro.
Ano 1978:Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa.Amanhã são colegas.
Ano 2010:A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara umagrande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio aaveriguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula.
Ano 1978:O professor espetava-te duas valentes bofetadas.
Ao chegar a casa o pai dava-te mais duas porque alguma deves ter feito.

Ano 2010:O professor pede-te desculpa.
O pai pede desculpa e compra-te a Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno.
Ano 1978:Não se passa nada.
Ano 2010:As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e diarreia.

ALTERAÇÃO AO ITINERÁRIO DO RODINHAS

INFORMAÇÃO:

O Serviço de Transporte Coletivo Urbano de Moscavide � RODINHAS foi ajustado com a entrada em funcionamento da Estação de Metropolitano de Moscavide.
Assim, foi aprovado pela Cãmara Municipal de Loures a alteração do itinerário do serviço, passando a estação do terminal para a Rua Almirante Gago Coutinho
:

NOVO ITINERÁRIO
1. Moscavide (Rua Almirante Gago Coutinho)
2. Moscavide (Rua 1.º de Maio)
3. Moscavide (Rua Dr. João Gomes Patacão)
4. Moscavide (Rua Artur Ferreira da Silva)
5. Moscavide (Avenida de Moscavide, 16)
6. Moscavide (Avenida de Moscavide, Igreja)
7. Portela (Avenida dos Descobrimentos)
8. Portela (Rua dos Escritores) *
9. Portela (Avenida da República)
10. Portela (Avenida Mouzinho de Albuquerque)
11. Portela (Avenida das Escolas (X) Rua Palmira Bastos)
12. Portela (Avenida das Escolas, Escola)
13. Portela (Avenida das Escolas, LIDL)
14. Portela (Avenida da República (X) Rua Almirante Reis)
15. Portela (Avenida dos Descobrimentos) *
16. Moscavide (Rua Francisco Marques Beato, 83)
17. Moscavide (Rua 1.º de Maio)
18. Moscavide (Rua Dr. João Gomes Patacão)
19. Moscavide (Rua Almirante Gago Coutinho)




Obs: Nas ruas marcadas com a linha azul, o autocarro poderá parar em qualquer ponto do percurso, sempre que a paragem seja solicitada.

Distância por circulação: 5,650 km
Nº de circulações por dia: Dia útil � 63
Linha Azul: 2,000 km 36% do percurso
Durãção: 25 minutos por circulação
Velocidade Média: 13 km/ hora

HORÁRIO DO SERVIÇO
PARTIDAS DE MOSCAVIDE (METRO) - Rua Almirante Gago Coutinho
Segunda a Sexta-feira
07:30 às 19:45
TARIFÀRIO DO SERVIÇO
MOSCAVIDE (ML)
€ 0,55 MOSCAVIDE (ML)
(mais informação: Boletim Municipal n.º 15 de 18 de Julho de 2012)

ELEIÇÕES- EH EH EH -NEM A PROPÓSITO!

ELEVE O SOM

terça-feira, 24 de julho de 2012

PASSOS COELHO EXIJO UMA RESPOSTA...JÁ!

"Passos Coelho, exijo que me respondas e que me expliques o que andas a fazer no sentido de tirar dinheiro dos organismos, fundações e institutos que tanto dinheiro do bolso do contribuinte leva. E que me expliques que fundações são estas? Fundações Manel isto MAnel aquilo, Maria isto, Maria aquilo e que é técnicamente impossível de saber o que fazem na sua maioria?... Explica-me isto já"!

CAVACO DEVOLVEU O NOVO MAPA DAS FREGUESIAS DE LISBOA


O Presidente da República devolveu hoje o diploma que aprovou a reforma administrativa de Lisboa e advertiu para a necessidade de qualidade e rigor na produção das leis.
Na mensagem que acompanhou a devolução do diploma à Assembleia da República,
disponível no "site" da Presidência da República, Cavaco Silva observou que no decurso dos trabalhos parlamentares «foram expressas dúvidas quanto à fiabilidade do texto aprovado no que diz respeito à definição dos limites de freguesias e do município de Lisboa».
Além da parte do território de Loures que a nova freguesia do Parque das Nações transfere para Lisboa, o mapa aprovado também acaba por erradamente transferir uma parte de território atualmente pertencente a Lisboa para o concelho de Loures.
Na mensagem que acompanhou a devolução do diploma à Assembleia da República, Cavaco Silva constatou que os grupos parlamentares «não chegaram a um consenso quanto à forma de corrigir este erro, designadamente em sede de redação final do diploma» e disse que a «existência de erro foi também transmitida ao Presidente da República pelos Presidentes das Câmaras Municipais de Lisboa e de Loures».
«Face a esta situação, está-se perante a singular circunstância de ser enviado ao Presidente da República para promulgação um texto legislativo em relação ao qual o seu próprio autor expressa, previamente, dúvidas quanto à exatidão do mesmo», refere Cavaco Silva, na mensagem.
«Neste contexto, o Presidente da República não pode deixar de notar, como já fez em anteriores ocasiões, que a qualidade e o rigor na produção das leis são um imperativo da maior importância para a segurança jurídica e para o estabelecimento de uma relação de confiança e de respeito dos cidadãos perante o Estado. O rigor deve ser uma condição sine qua non em todas as fases do processo legislativo», advertiu Cavaco Silva.

ENFARTE NA MULHER



Ela comentou que não se sentia bem... doíam-lhe as costas....Foi deitar-se um pouco até que passasse...Mais tarde, quando fui ver como ela estava, encontrei-a sem respiração... Não a puderam salvar..." Comentou o marido ao médico já no Hospital. Eu sabia que os ataques cardíacos nas mulheres são diferentes, mas nunca imaginei nada como isto. Esta é a melhor descrição que li sobre esta terrível experiência...* *
Sabia que os ataques cardíacos nas mulheres raramente apresentam os mesmos sintomas 'dramáticos' que anunciam o enfarte nos homens? Refiro-me à dor intensa no peito, ao suor frio e ao desfalecimento(desmaio, perda de consciência) súbito que eles sofrem e que vemos representados em muitos filmes...
Para que saibam como é a versão feminina do enfarte, uma mulher que teve um ataque cardíaco vai contar-nos a sua história:
"Eu tive um inesperado ataque do coração por volta de 22:30, sem ter feito nenhum esforço físico exagerado nem ter sofrido algum trauma emocional que pudesse desencadeá-lo.
Estava sentada, muito agasalhadinha, com o meu gato nos joelhos a ver televisão. Um pouco mais tarde, senti uma horrível sensação de indigestão, como quando estando com pressa e comemos uma sandes, engolindo-a com um pouco de água.
Essa foi a minha sensação inicial... O 'único problema' era que eu NÃO TINHA comido NADA desde às 17h00....... Depois, desapareceu esta sensação e senti como se alguém me apertasse a coluna vertebral (pensando bem, agora acredito que eram os espasmos na minha aorta).. Logo, a pressão começou a avançar para o meu externo e subiu até à garganta e a sensação correu até alcançar ambos os lados de meu queixo.. Tirei os pés do puf e tratei de ir até ao telefone, mas caí no chão... Levantei-me apoiando-me a uma cadeira e caminhei devagar até ao telefone para chamar a emergência. Disse-lhes que acreditava que estava a ter um ataque cardíaco e descrevi os meus sintomas. Tentando manter a calma, disse o que se passava comigo. Eles disseram-me que viriam imediatamente e aconselharam-me a deitar-me perto da porta, depois de destrancá-la para que pudessem entrar e localizar-me mais rapidamente. Segui as suas instruções, deitei-me no chão e devo ter perdido os sentidos quase imediatamente. Acordei com o cardiologista a dizer-me que haviam introduzido um pequeno balão na minha artéria femoral para instalar dois 'stents' que mantivessem aberta a minha artéria coronária do lado direito.

Graças às minhas explicações precisas, os médicos já estavam à minha espera prontos para me atender adequadamente quando cheguei ao hospital....
Dicas importantes:

1. Normalmente as mulheres (mais do que os homens) morrem no seu primeiro (único e último) ataque cardíaco porque não identificam os sintomas e/ou os confundem com os de uma indigestão.
CHAMEM a AMBULÂNCIA, se sentirem algo estranho. Cada um conhece o estado natural (ou normal)do seu corpo. Mais vale uma 'falsa emergência' do que não se atrever a chamar e perder a vida...* *
2. Notem que eu disse 'chamem os Paramédicos/Ambulância', otempo é importante, e as informações precisas também.
3. Não acreditem que não possam sofrer um ataque cardíaco porque o seu colesterol é normal, porque não têm diabetes ou porque 'nunca tiveram problemas cardíacos'... Os ataques cardíacos são o resultado da exposição prolongada ao stress que faz com que o nosso sistema segregue uma série de hormonas daninhas que inflamam as artérias e danificam o tecido cardíaco. Por outro lado,as mulheres que estão a entrar na menopausa ou já a ultrapassaram,perdem a protecção que o estrogénio lhes concedia, pelo que correm igual risco de sofrer mais problemas cardíacos do que os homens".

EIS UM HOMEM !

Paulo Morais, ex-vice-presidente da CM do Porto e vice-presidente da ONG "Transparência e Integridade" diz que o parlamento é o grande centro da corrupção em Portugal e que a corrupção é a verdadeira causa da crise. Entrevista de Luís Gouveia Monteiro.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

MIGUEL RELVAS , A PROVA ORAL!

QUE GRANDE DANÇARINO!

CRISE DA DÍVIDA SOBERANA

Crise da dívida soberana: Um possível guião de ficção para um filme.


Na pequena aldeia de Megacnavala, com apenas algumas dezenas de habitantes, há décadas que o café do Sr. Mora é a principal referência da economia local.
Outrora, ainda taberna, o café do Sr. Mora servia essencialmente vinho a copo, vindo diretamente das pipas que as abundantes vinhas de Megacnavala todos os anos enchiam.
Agora, os hábitos são bem diferentes, a cerveja, os refrigerantes e o café tomaram conta das preferências da clientela, e o vinho a copo é guardado apenas para alguns anciãos. Mas, não foram apenas as preferências dos clientes que mudaram, a inóspita taberna fora “promovida” a café há alguns anos quando o Sr. Mora investira na reformulação da infra estrutura.
Mesas, cadeiras e balcão novo, ecrã LCD de dimensões apreciáveis, ar condicionado para proporcionar um ambiente mais agradável no verão, já para não falar na esplanada à qual não faltavam os guarda sois.
O investimento ainda foi grande e as poupanças do Sr. Mora não foram suficientes.....Felizmente, com a recomendação do Presidente da Junta, algumas famílias mais abastadas da aldeia financiaram a progressiva remodelação da taberna, primeiro a família Tostão, depois a família Pessoa, e mais recentemente, aquando da instalação do ar condicionado e do LCD, o Sr. Franklin, norte-americano casado com uma jovem da aldeia que emigrara há alguns anos para os Estados Unidos.
A população acompanhou e apreciou a evolução de taberna a café e como esperado, as receitas geradas pelo café do Sr. Mora aumentaram. Maiores margens na cerveja e refrigerantes, do que no vinho, bem como o maior consumo, premeiam o investimento do Sr. Mora, para orgulho do Presidente da Junta de Megacnavala.
Os “investidores”, das famílias Tostão e Pessoa, ao Sr. Franklin, foram recebendo sempre os juros acordados com o Sr. Mora atempadamente e de acordo com o combinado.
Dado o clima de confiança que reinava na aldeia, com o alto patrocínio do Presidente da Junta, a família Tostão, primeiro “investidor” no café do Sr. Mora, aceitou há algum tempo renovar a dívida a pedido do Sr. Mora, acrescentando ainda algum capital adicional a uma taxa de juro mais baixa que a anterior para financiar a aquisição de um equipamento para tirar bebidas de pressão e um painel luminoso para o exterior do café.
O mesmo se passou com a Família Pessoa para substituir o ar condicionado que havia recentemente avariado, e ao Sr. Franklin pediu o Sr. Mora o mesmo, mas para ajudar a pagar a fornecedores.
Na realidade, a população da aldeia continuava a ser de apenas algumas dezenas de habitantes, e ainda que o consumo tenha aumentado desde os tempos da taberna, alguns dos habitués como o Manuel ou o Pedro, há alguns meses que se tornaram menos assíduos, e os custos de manutenção do café incomparavelmente superiores aos da taberna.
O Presidente da Junta, que em miúdo foi dos poucos da aldeia que fez a 4º Classe (de antigamente) logo à primeira, facto que o catapultou para o mais alto cargo político de Megacnavala, dizia ao dono do café:
“Ó Mora, assim não dá pá, então não se está mesmo a ver? Só em eletricidade deves pagar para cima de uma fortuna, mais a mais aos preços a que ela está. Se calhar tens que desligar o ar condicionado e o painel luminoso à noite, senão....”
Como o meio é pequeno e o Presidente da Junta falador, ficaram também os “investidores” rapidamente a saber que o negócio do Sr. Mora não evoluía tão bem como todos tinham perspetivado. Logo por azar, tem o Sr. Mora ainda este ano que pagar tudo o que deve à família Tostão e metade à família Pessoa.
Ao Sr. Franklin, nada este ano, mas tudo no início do próximo.
Elenco:
Estado membro da zona Euro com excesso de dívida, no papel de Sr. Mora
Agência de rating, no papel de Presidente da junta
Investidores nacionais, no papel das Famílias Tostão e Pessoa
Investidor estrangeiro, no papel de Sr. Fra
Desempregados, no papel de Manuel e Pedro

DE ONDE VÊM OS BEBÉS DO SÉCULO XXI?




COMO UM PAI EXPLICA A UM FILHO, COMO ESTE NASCEU!!!!

Um dia, o pai e a mãe entraram no Facebook, fizeram amizade e ficaram amigos.
Como se explica a um filho de onde veio!!!
Depois o pai mandou um e-mail à mãe para se verem num cybercafé.
Descobrimos que tínhamos muitas coisas em comum e que nos entendíamos muito bem.
Quando não estávamos à frente do laptop, conversávamos no chat do blackBerry.
E desta forma fomo-nos conhecendo e nos apaixonámos até que um belo dia decidimos partilhar os nossos ficheiros.
Metemo-nos dissimuladamente na casa de banho e o papá introduziu o seu Pendrive na entrada USB da mamã.
Quando começou o download dos ficheiros, demo-nos conta que tínhamos esquecido do software de segurança e que não tínhamos Firewall.
Já era tarde demais para cancelar o download e impossível de apagar os ficheiros.
Passados nove meses......apareceu o Vírus....

domingo, 22 de julho de 2012

DEDICADO AOS MEUS AMIGOS

sábado, 21 de julho de 2012

AMARIAS ASSIM?-

ESTA É UMA VERDADEIRA HISTÓRIA DE AMOR:

O ESCÃNDALO DA BANKIA

Depois das golpadas dos bancos, os protestos com danças em flamenco:

POLÍTICOS> HOJE - GESTORES> AMANHÃ!



Recebi o seguinte e-mail de uma pessoa amiga:

"Um dos Motivos porque o Governo se tornou fiador de 20 mil milhões de euros de transacções intra bancárias......???Os de hoje, vão estar como gestores de Banca amanhã, pois os de ontem, já estão por lá hoje.Correcto???? Se pensa que não, vejamos
:EIS A LISTA:
-Fernando Nogueira:Antes -Ministro da Presidência, Justiça e DefesaAgora - Presidente do BCP Angola------------------------------------------------------------------
-Rui Machete: (AGORA NINGUÉM O OUVE)Antes - Ministro dos Assuntos SociaisAgora - Presidente do Conselho Superior do BPN; (o banco falido, é só gamanço) e Presidente do Conselho Executivo da FLAD---------------------------------Paulo Teixeira Pinto: (o tal que antes de trabalhar já estava reformado)Antes - Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, depois Presidente do BCP (Ex. - Depois de 3 anos de 'trabalho', Saiu com 10 milhões de indemnização!!! e mais 35.000EUR x 15 meses por ano até morrer...)Agora ? Novo administrador da Comissão Executiva da EDP------------------------------------------
-Celeste Cardona: (a tal que só aceitava o lugar na Biblioteca do Porto se tivesse carro e motorista às ordens - mas o vencimento era muito curto)Antes - Ministra da Justiça, depois vogal do CA da CGD-Agora - Nova administradora da Comissão Executiva da EDP ---------------------------------------------------------------------------
-José Silveira Godinho:Antes - Secretário de Estado das Finanças,Agora - Administrador do BES----------------------------------------------------------------------
-João de Deus Pinheiro: (aquele que agora nem se vê)Antes - Ministro da Educação e Negócios Estrangeiros-Agora - Vogal do CA do Banco Privado Português (O TAL QUE DEU O BERRO).----------------------------------------------------Elias da Costa:Antes - Secretário de Estado da Construção e Habitação -Agora-Vogal do CA do BES---------------------------------------------------------------------------Ferreira do Amaral: (O ESPERTALHÃO, QUE PREPAROU O TERRENO)Antes - Ministro das Obras Públicas (que entregou todas as pontes a jusante de Vila Franca de Xira à Lusoponte)Agora - Presidente da Lusoponte, com quem se tem de renegociar o contrato (POIS CLARO, À TRIPA FORRA).-----------------------------Eduardo Catroga:Antes ? Foi Vice Presidente da Quimigal, Presidente do CA da SAPEC e Ministro das Finanças do 12.º Governo de Cavaco SilvaAgora ? Novo Chairman da EDP, que acumula com Administrador não Executivo da NUTRINVESTE e do BANCO FINANTIA (não prescinde de receber todas as reformas e pensões a que tem direito, pudera também eu!!!!!!)etc etc etc...O que é isto?Cunha?Gamanço?É Portugal no seu esplendor....e depois até querem que se declarem as prendas de casamento e o seu valor.Já é tempo de parar esta canalha nojenta !

Não te cales,DENUNCIA!Passa este e-mail, fá-lo circular por Portugal.(Eu faço a minha parte. Por mim estes sangue-sugas já os tinha posto a trabalhar na estiva...)Sabes quem é que tem a culpa desta roubalheira?És tu, sou eu, somos todos nós, que permitimos todas estas situações.Como é que estes gatunos ainda nos pedem sacrifícios?Será que continuamos a ser, como dizia um monarca português, um País de bananas governados por ladrões....Ops, desculpem eu não queria escrever ladrões mas sacanas. "Em nome dos cortes salariais e do roubo, do subsídio de férias e Natal, vamos circular este apelo que ESTÁ CIRCULANDO EM TODA A ESPANHA!E PORQUE NÃO, EM PORTUGAL?
Exigimos:Reduzir os salários deTODOSos cargos políticos em50%.RetirarTODOS os subsídios, abonos ou subvenções. Apenas poderão auferir o salário.Limitar o salário dos cargos políticos, ao valor de 5 salários mínimos (+/- 2.500 ¤ ?)Apenas poderão auferirUMsalário.Reforma para os políticos aos65 anosde idade,como todos os outros portugueses.
ESTÁ CIRCULANDO EM TODA A ESPANHA!Vamos fazê-la circular em PORTUGAL....MUITAS VEZES, tantas quantas as necessárias..."

sexta-feira, 20 de julho de 2012

QUE GRANDES AMIGOS!!!!!!



Estavam vários amigos sentados num banco de jardim, quando vêem duas senhoras virem na direcção deles:

Diz um deles:
"Oh diabo, vem ali a minha mulher e a minha amante".

Responde outro :
"Eh pá, tiraste-me as palavras da boca"......

MEDIDOR DE STRESS

ONTEM E AMANHÃ




Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.
Dalai Lama

agora para vos distrair vejam esta criatividade! Clique no site abaixo e depois no chapéu...
http://www.jacquielawson.com/viewcard.asp?code=1796513126%20

quinta-feira, 19 de julho de 2012

CARRIS ACABA COM 2 CARREIRAS E ALTERA 6

MAIS UMA VEZ A POPULAÇÃO DA PORTELA ( QUE NÃO TEM ESTAÇÂO DO METRO ) VAI SER PREJUDICADA.


(Fonte: Jornal de Negócios)
Carris acaba com duas carreiras e altera outras seis com chegada do metro ao aeroporto


Transportadora altera percursos na sequência da abertura de três novas estações de metro. A Carris indica que "procura optimizar" o desempenho "num quadro de grande constrangimento financeiro". Em Março, tinha já havido um ajustamento da rede.
A partir de sábado, 21 de Julho, vão circular menos duas carreiras da Carris nas ruas de Lisboa. Outras seis vão ter o seu percurso alterado. A transportadora decidiu modificar a parte oriental da rede para responder ao prolongamento da linha vermelha do metro até ao Aeroporto
.

As carreiras 21, que liga o Saldanha a Moscavide Centro, e 745, entre o Terreiro do Paço e o Prior Velho, são eliminadas da rede da Carris, de acordo com informação disponibilizado no site da empresa.

Os percursos da 22 e da 44 são encurtados. Em vez de partir do Marquês de Pombal, a 22 vai sair da Praça de Londres em direcção à Portela. Já a 44 irá ligar Moscavide ao Marquês de Pombal, deixando de ir ao Cais do Sodré. As carreiras 79, 83 e 708 sofrem ligeiros prolongamentos ou alterações de percurso, que também entram em vigor este sábado, 21 de Julho.

"Estas medidas incidem essencialmente em carreiras com maior sobreposição com a rede do metropolitano de Lisboa, procurando uma melhoria da complementaridade e articulação entre as duas redes", indica a Carris num comunicado na página oficial, dizendo que as alterações são feitas em carreiras "que servem a área oriental da cidade de Lisboa". Isto depois de o metro ter aberto, hoje, o prolongamento da linha vermelha da rede, que se estende, agora, de São Sebastião ao Aeroporto.

A excepção é a 716. A carreira que faz a ligação entre o Arco Cego e Benfica, na parte ocidental da capital, terá o período de funcionamento reduzido, passando apenas a viajar nas horas de ponta "no período diurno de dias úteis".

"Num quadro de grande constrangimento financeiro, a Carris procura optimizar o seu desempenho global", avança a mesma fonte, dizendo que esse facto não afecta os padrões de qualidade do serviço que oferece.

A Carris, que salienta que estas alterações estavam já previstas para quando fossem inauguradas as estações de Moscavide, Encarnação e Aeroporto, tinha já, em Março, eliminado quatro carreiras e cortado o trajecto de sete percursos, num total de 27 alterações na rede. Nessa altura, a justificação foi orçamental, tendo-se previsto uma poupança, para o ano de 2012, de quatro milhões de euros.

A transportadora encontra-se, neste momento, na expectativa da concretização da fusão entre a Carris e o Metro

VAMOS TODOS SER DOUTORES !!!!!

PRETENDE REFORMAR-SE?



"Para conseguir a reforma deverá ter 42 anos, 10 anos de trabalho e ser saudável,.caso contrário, desista! Não perca tempo"

OS AVÓS SÃO O MÁXIMO


DEPOIS DE ELES "PARTIREM" É QUE SENTIMOS A FALTA QUE NOS FAZEM.

ALTERAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO DE PORTUGAL



Recebi este e-mail -de uma pessoa amiga -que abaixo transcrevo:

Alteração da Constituição de Portugal para 2012, já em marcha!

Alice Carvalheira R. Borges
Universidade de Lisboa - Serviços de Acção Social

Gabinete Jurídico

Tel. 21 781 74 40 Ext. 305

E-mail; alice.borges@sas.ul.pt

Assunto: Alteração da Constituição de Portugal para 2012


Peço a cada destinatário deste e-mail que o envie a um mínimo
de vinte pessoas em sua lista de contactos, e por sua vez, peça a cada
um deles que faça o mesmo.

Em três dias, a maioria dos portugueses lerá esta mensagem. Esta é uma
ideia que realmente deve ser considerada e revista por todos os
cidadãos.

Alteração da Constituição de Portugal para 2012 para poder
atender o seguinte, que é da mais elementar justiça:

1. O deputado será pago apenas durante o seu mandato e não terá
reforma proveniente exclusivamente do seu mandato.
2. O deputado vai contribuir para a Segurança Social de maneira
igual aos restantes cidadãos.

Todos os deputados ( Passado, Presente e Futuro) passarão para o
actual sistema de Segurança Social imediatamente. O *deputado irá
participar* nos benefícios* do regime* da *S*. Social *exactamente*
*como todos os *outros cidadãos**. *O fundo de pensões não pode ser
usado para qualquer outra finalidade.
não haverá privilégios exclusivos.
3. O deputado deve pagar seu plano de reforma, como todos os
portugueses e da mesma maneira.
4. O deputado deixará de votar o seu próprio aumento salarial.
5. O deputado vai deixar o seu seguro de saúde actual e vai
participar no mesmo sistema de saúde como todos os outros cidadãos
portugueses.
6. O deputado também deve estar sujeito às mesmas leis que o resto
dos portugueses
7. Servir no Parlamento é uma honra, não uma carreira. Os
deputados devem cumprir os seus mandatos (não mais de 2 mandatos), e
então irem para casa e procurar outro emprego
.

Por favor, mantenha ISTO A CIRCULAR.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

ORA TOMEM LÁ ( JUÍZES , PARTIDOS E OUTROS...)!



(Por Camilo Lourenço)

O FMI avisou Portugal que a solução para ultrapassar o chumbo do Tribunal Constitucional aos cortes dos subsídios só pode vir de... outros cortes na despesa.
O
FMI avisou Portugal que a solução para ultrapassar o chumbo do Tribunal Constitucional aos cortes dos subsídios só pode vir de... outros cortes na despesa. Não pode ser com mais impostos, o que impossibilita a tributação do 13º mês dos privados. Coisa que se infere do acórdão do TC (apesar da caricata explicação do seu presidente...).Esta "recomendação" mostra bem a encruzilhada em que estamos. O país está amarrado por uma constituição obsoleta, que é um travão à economia. E das duas uma: ou os partidos a alteram, ou a Constituição é atropelada pela realidade (não foi o que aconteceu quando o TC autorizou o corte de subsídios em 2012?). A bola está agora do lado dos partidos que assinaram o programa de ajustamento, que terão de se entender quanto às alterações constitucionais que permitam uma verdadeira reforma do Estado. Que passa também pela redução de empregos e cortes salariais no Estado porque não há dinheiro para lhes pagar (para pagar aos funcionários o Estado está a endividar-se)…A situação é ainda mais complicada porque se nota uma clivagem clara entre o FMI e a Comissão: o Fundo admite flexibilizar a duração do programa (um erro!) e a Comissão não está para aí virada (mais facilmente aceitará receitas extraordinárias). Moral da história: estamos metidos num sarilho. Porque se não fizermos o que nos mandam, a torneira fecha.
P.S. - D. Januário Torgal Ferreira perdeu o juízo. Chamar corrupto ao governo sem substanciar a acusação é crime! Fora a falta de memória face aos desmandos do governo anterior. O Vaticano devia mandá-lo para um "retiro" prolongado antes que ele desgrace a imagem da Igreja portuguesa...

PORTUGAL, VISTO POR LOBO ANTUNES

Muito bom: Portugal visto por Lobo Antunes


Nação valente e imortal
Agora sol na rua a fim de me melhorar a disposição, me reconciliar com a vida. Passa uma senhora de saco de compras: não estamos assim tão mal, ainda compramos coisas, que injusto tanta queixa, tanto lamento. Isto é internacional, meu caro, internacional e nós, estúpidos, culpamos logo os governos. Quem nos dá este solzinho, quem é? E de graça. Eles a trabalharem para nós, a trabalharem, a trabalharem e a gente, mal agradecidos, protestamos.
Deixam de ser ministros e a sua vida um horror, suportado em estóico silêncio. Veja-se, por exemplo, o senhor Mexia, o senhor Dias Loureiro, o senhor Jorge Coelho, coitados. Não há um único que não esteja na franja da miséria. Um único. Mais aqueles rapazes generosos, que, não sendo ministros, deram o litro pelo País e só por orgulho não estendem a mão à caridade. O senhor Rui Pedro Soares, os senhores Penedos pai e filho, que isto da bondade as vezes é hereditário, dúzias deles. Tenham o sentido da realidade, portugueses, sejam gratos, sejam honestos, reconheçam o que eles sofreram, o que sofrem. Uns sacrificados, uns Cristos, que pecado feio, a ingratidão. O senhor Vale e Azevedo, outro santo, bem o exprimiu em Londres. O senhor Carlos Cruz, outro santo, bem o explicou em livros. E nós, por pura maldade, teimamos em não entender. Claro que há povos ainda piores do que o nosso: os islandeses, por exemplo, que se atrevem a meter os beneméritos em tribunal. Pelo menos nesse ponto, vá lá, sobra-nos um resto de humanidade, de respeito. Um pozinho de consideração por almas eleitas, que Deus acolherá decerto, com especial ternura, na amplidão imensa do Seu seio. Já o estou a ver
- Senta-te aqui ao meu lado ó Loureiro- Senta-te aqui ao meu lado ó Duarte Lima- Senta-te aqui ao meu lado ó Azevedo que é o mínimo que se pode fazer por esses Padres Américos, pela nossa interminável lista de bem-aventurados, banqueiros, coitadinhos, gestores que o céu lhes dê saúde e boa sorte e demais penitentes de coração puro, espíritos de eleição, seguidores escrupulosos do Evangelho. E com a bandeirinha nacional na lapela, os patriotas, e com a arraia miúda no coração. E melhoram-nos obrigando-nos a sacrifícios purificadores, aproximando-nos dos banquetes de bem-aventuranças da Eternidade.
As empresas fecham, os desempregados aumentam, os impostos crescem, penhoram casas, automóveis, o ar que respiramos e a maltosa incapaz de enxergar a capacidade purificadora destas medidas. Reformas ridículas, ordenados mínimos irrisórios, subsídios de cacaracá? Talvez. Mas passaremos sem dificuldade o buraco da agulha enquanto os Loureiros todos abdicam, por amor ao próximo, de uma Eternidade feliz. A transcendência deste acto dá-me vontade de ajoelhar à sua frente. Dá-me vontade? Ajoelho à sua frente indigno de lhes desapertar as correias dos sapatos.
Vale e Azevedo para os Jerónimos, já!Loureiro para o Panteão já!Jorge Coelho para o Mosteiro de Alcobaça, já!
Sócrates para a Torre de Belém, já! A Torre de Belém não, que é tão feia. Para a Batalha.
Fora com o Soldado Desconhecido, o Gama, o Herculano, as criaturas de pacotilha com que os livros de História nos enganaram.
Que o Dia de Camões passe a chamar-se Dia de Armando Vara. Haja sentido das proporções, haja espírito de medida, haja respeito. Estátuas equestres para todos, veneração nacional. Esta mania tacanha de perseguir o senhor Oliveira e Costa: libertem-no. Esta pouca vergonha contra os poucos que estão presos, os quase nenhuns que estão presos como provou o senhor Vale e Azevedo, como provou o senhor Carlos Cruz, hedionda perseguição pessoal com fins inconfessáveis. Admitam-no. E voltem a pôr o senhor Dias Loureiro no Conselho de Estado, de onde o obrigaram, por maldade e inveja, a sair. Quero o senhor Mexia no Terreiro do Paço, no lugar D. José que, aliás, era um pateta. Quero outro mártir qualquer, tanto faz, no lugar do Marquês de Pombal, esse tirano. Acabem com a pouca vergonha dos Sindicatos. Acabem com as manifestações, as greves, os protestos, por favor deixem de pecar. Como pedia o doutor João das Regras, olhai, olhai bem, mas vêde. E tereis mais fominha e, em consequência, mais Paraíso. Agradeçam este solzinho. Agradeçam a Linha Branca. Agradeçam a sopa e a peçazita de fruta do jantar. Abaixo o Bem-Estar.
Vocês falam em crise mas as actrizes das telenovelas continuam a aumentar o peito: onde é que está a crise, então? Não gostam de olhar aquelas generosas abundâncias que uns violadores de sepulturas, com a alcunha de cirurgiões plásticos, vos oferecem ao olhinho guloso? Não comem carne mas podem comer lábios da grossura de bifes do lombo e transformar as caras das mulheres em tenebrosas máscaras de Carnaval.
Para isso já há dinheiro, não é? E vocês a queixarem-se sem vergonha, e vocês cartazes, cortejos, berros. Proíbam-se os lamentos injustos. Não se vendem livros? Mentira. O senhor Rodrigo dos Santos vende e, enquanto vender, o nível da nossa cultura ultrapassa, sem dificuldade, a Academia Francesa. Que queremos? Temos peitos, lábios, literatura e os ministros e os ex-ministros a tomarem conta disto.
Sinceramente, sejamos justos, a que mais se pode aspirar? O resto são coisas insignificantes: desemprego, preços a dispararem, não haver com que pagar ao médico e à farmácia, ninharias. Como é que ainda sobram criaturas com a desfaçatez de protestarem? Da mesma forma que os processos importantes em tribunal a indignação há-de, fatalmente, de prescrever. E, magrinhos, magrinhos mas com peitos de litro e beijando-nos uns aos outros com os bifes das bocas seremos, como é nossa obrigação, felizes.
(crónica satírica de António Lobo Antunes, in visão abril 2012)
"PAÍS DE BANANAS, GOVERNADO E JULGADO POR SACANAS"


"O exemplo convence-nos mais do que as palavras.
Nada é tão contagioso como o exemplo
."

GRANDE LIÇÃO DE UM SER HUMANO

Para ler obrigatoriamente!!!


Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões.
A sua cama estava junto da única janela do quarto.O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas.
Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres, famílias, das suas casas, dos seus empregos, dos seus aeromodelos, onde tinham passado as férias...E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava,passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as coisas que conseguia ver do lado de fora da janela.
O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a actividade e cor do mundo do lado de fora da janela.
A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes, chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados porentre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem e uma tênue vista da silhueta da cidade podia ser vislumbrada no horizonte.
Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava as pitorescas cenas.
Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia a passar:
Embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, conseguia vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retratava através de palavras bastante descritivas.


Dias e semanas passaram. Uma manhã,a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida, o homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia.
Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo.
Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca.Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto.
Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela que dava, afinal, para uma parede de tijolo!
O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela.A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer conseguia ver a parede. Talvez quisesse apenas dar-lhe coragem...

Moral da História:Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos nossos próprios problemas.A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando partilhada, é dobrada.Se quer sentir-se rico, conte todas as coisas que tem que o dinheiro não pode comprar." O dia de hoje é uma dádiva, por isso é que o chamam de presente."

DURANTE O RAMADÃO


Um muçulmano durante o período do Ramadão senta-se junto a um alentejano no voo Lisboa - Funchal.
Quando o avião descola começam a servir as bebidas aos passageiros.
O alentejano pede um tinto de Borba.
A hospedeira pergunta ao muçulmano se quer beber alguma coisa.
O muçulmano responde com ar ofendido:
' Prefiro ser raptado e violado selvaticamente por uma dezena de prostitutas da Babilónia antes que uma gota de álcool toque os meus lábios '.
O alentejano engasgando-se, devolve o copo de tinto à hospedeira e diz:
'Eu também, eu também. Não sabia que se podia escolher!!!



segunda-feira, 16 de julho de 2012

A PARTIR DE AMANHÃ ,MOSCAVIDE JÁ TEM METRO

ABERTURA DA ESTAÇÃO DO METRO EM MOSCAVIDE:
Segundo os meios de comunicação social, a extensão da linha vermelha do Metropolitano vai ser inaugurada amanhã, terça-feira dia 17 de Julho.
Assim, a partir de amanhã será possível utilizarmos este transporte público, de Moscavide para muitos outros locais conforme se poderá verificar no mapa em anexo

domingo, 15 de julho de 2012

AS "VIRGENS OFENDIDAS"


Na decorrência da entrevista de Carlos Barbosa, ex-vice-presidente do Sporting - hoje publicada no Record - a qual, no mínimo, qualifico de deplorável, aproveito para aqui reproduzir a reacção à mesma por parte de alguém que com ele coabitou até muito recentemente nos orgãos sociais leoninos.
Em entrevista a um diário desportivo, um ex-vice-presidente do Sporting Clube de Portugal, Carlos Barbosa, tece uma série de considerações sobre a sua passagem pelo Clube que, neste momento, me merecem as seguintes considerações:
1) é do mais elementar sportinguismo que qualquer sportinguista saiba a data de fundação do seu clube. No que aos orgãos sociais diz respeito, essa regra assume carácter de obrigatoriedade e é o mínimo que se pode esperar de qualquer dirigente do Clube.
2) é completamente falsa a descrição que aquele ex-dirigente faz do acto e justificações para o mesmo, relativamente à sua assinatura do contrato entre a SPM e a empresa Businlog. Não adiantarei mais sobre este assunto porque, apesar dos equívocos em que lavram, respeito a investigação e as instituições judiciárias.
3) a dado passo refere que a Tribuna Presidencial do Estadio José Alvalade era frequentada por "penduras". Mais afirmou que seria por esse motivo que raramente ali se deslocaria em dia de jogo. Ora acontece que, certamente por esquecimento, a partir de determinado momento, o mesmo ex-dirigente passou a "presidir" à Tribuna Centenário na Bancada Nascente, para a qual invariavelmente convidava amigos e manequins fornecidas por agência de moda, sendo estes os novos "penduras" a frequentar Alvalade e trazidos pela sua mão. Não obstante os inúmeros reparos à prática referida, a mesma era sempre por si justificada com interesses comerciais. Ainda hoje, certamente por nosso desconhecimento do mettier comercial, não se constataram as vantagens de tal prática.
4) refere que, na sua opinião o vogal do CD, Rui Paulo Figueiredo, por ser deputado, não deveria integrar aquele orgão. Não é a profissão que define quem deve, ou não, integrar o CD mas sim a capacidade, o sportinguismo e a lealdade ao Clube e aos seus pares, de cada um dos eleitos. Sobre este tema e temas paralelos, emiti varias vezes a minha opinião nos locais próprios que são o Conselho Directivo, o Conselho Leonino, as Assembleias Gerais ou directamente ao Presidente. Nunca na rua e muito menos em entrevistas a orgãos de comunicação social. As questões internas do Sporting sao tratadas internamente e nunca na praça publica. Quem assim não procede é porque se julga mais importante que o Clube.
5) é falso que, consigo, os resultados comerciais tenham crescido. O que cresceu de facto foi a massa salarial da sua responsabilidade, que, num período de seis meses, e por sua determinação, aumentou meio milhão de euros, sem que tenham sido atingidos objectivos reflectores de tal acréscimo. O Director-Geral Comercial por si escolhido saiu em menos de um ano e tal não foi seguramente por ter excedido o numero de vendas de gamebox ou camarotes disponíveis no Estádio. Os verdadeiros responsáveis pelo aumento das vendas de GB e afluência ao Estádio foram os treinadores e jogadores contratados pela Administração da SAD.
6) sobre o Futebol Profissional vem Carlos Barbosa tecer laudos ao treinador Ricardo Sa Pinto e somente a este. Ha poucos dias atrás, em entrevista a uma rádio, elogiava a capacidade profissional de Luis Duque e Carlos Freitas, para além do treinador. Também e por esquecimento certamente olvidou o facto de, dois meses após as eleições nas quais foi eleito, ter sido um acérrimo defensor da saída daquele administrador.
7) refere também na mesma entrevista, que integrou uma lista na qual não acreditava que o líder tivesse perfil para comandar o projecto; que entrou num clube atrasado; que não concordava com a presença de certos colegas; que o Sporting tem que seguir exemplos do clube rival porque esses trabalharão melhor. Se entendesse o que é o Sporting, saberia que a massa adepta não gosta de "virgens arrependidas". Prefere sempre homens e mulheres que assumem as suas funções de forma humilde e que façam o melhor que podem e sabem pelo Clube.
8) na minha experiência enquanto 15 meses como vice-presidente do Sporting apreendi e confirmei o quanto esmagadoramente grande e importante é o nosso Clube para milhões de pessoas. Qualquer um dos que o serviram ou servem, deverão ter sempre presente que estão de passagem numa instituição que lhes dá o privilégio de a servir e que será sempre bem maior que qualquer ego, ambição pessoal ou "acertos de contas".
9) o Sporting é a soma de uma imensidão de valores, de sentires e de vivências. O Sporting é o futebol, o andebol, os núcleos, as claques, as associações e tudo o mais que aqueles que o sentem quiserem. É de nós todos e será, definitiva e imensuravelmente maior que uns, que aqui e ali, sem nada dele conhecerem o caracterizam, o rotulam e o tentam diminuir. Quem ataca os orgãos sociais do Sporting, ataca o Clube e quem ataca e denigre o Clube, fá-lo exactamente, e na mesma medida, à sua massa adepta. O tempo e os sportinguistas darão a devida resposta ao sócio Carlos Barbosa
.
(Paulo Pereira Cristóvão)

UMA NOTA FINAL DO BLOGUE:
Há muitos papagaios verdes, mas escusavam de ser todos do Sporting.

METRO VAI CHEGAR AO AEROPORTO -TERÇA-FEIRA 17


A linha Vermelha do Metro de Lisboa vai chegar ao Aeroporto da Portela na próxima terça-feira, dia 17 de julho. As três novas estações do Metropolitano de Lisboa entram em funcionamento completando a ligação entre a estação do Oriente e o aeroporto. O prolongamento da linha Vermelha, com as novas estações de Moscavide, Encarnação e Aeroporto, conta com 3.326 metros de extensão.
As três novas estações da linha Vermelha do Metropolitano de Lisboa entram em funcionamento na terça-feira, completando a ligação entre a estação do Oriente e o aeroporto, segundo anunciou a empresa este domingo.O prolongamento da linha Vermelha, com as novas estações de Moscavide, Encarnação e Aeroporto, conta com 3.326 metros de extensão e o Metropolitano de Lisboa estima um valor médio mensal de mais de 400 mil novos passageiros neste troço.De acordo com um comunicado do Metro, as três novas estações vão permitir uma redução anual de cinco mil toneladas de emissões de Dióxido de Carbono.Para o Metro o prolongamento da linha Vermelha a partir da estação do Oriente e em direção ao Aeroporto é estruturante para a cidade de Lisboa e terá um impacto significativo na articulação dos terminais da rede transeuropeia de transportes, através da ligação da Gare Intermodal de Lisboa (GIL) ao Aeroporto Internacional de Lisboa.Este novo troço da linha Vermelha tem uma extensão de 3,326 quilómetros para um percurso de cerca de 5 minutos entre o Oriente e o Aeroporto e comporta a inauguração de três novas estações: Moscavide, Encarnação e Aeroporto
.A estação de Moscavide situar-se-á junto ao aglomerado de Moscavide, na Rua João Pinto Ribeiro, a estação de Encarnação localizar-se-á na Rua General Silva Freire, próximo do cruzamento com a Rua Capitão Tenente Oliveira e Carmo(perto das Finanças), enquanto a estação do Aeroporto implantar-se-á próximo do edifício cilíndrico da aerogare onde se efetuam as chegadas e as partidas do Aeroporto, estando prevista a ligação direta da estação a este edifício através de uma galeria de correspondência.
(Fonte:RPT/NOTÍCIAS)
-------------------------------------------------------------------------------------------------
DEPOIS DE TANTAS PROMESSAS, A PORTELA VAI VER O METRO POR UM

NONA MARAVILHA DO MUNDO

No passado dia 24 de junho, Singapura abriu uma nova maravilha ao mundo:
O parque do Céu. As arenas da baía do porto estão situadas a uma altura de 200 metros sobre três arranha céus, que servem como pilares. Aqui estão os casinos, bares e restaurantes mais caros do mundo, como tambem a piscina suspensa ao ar livre maior do mundo, com 150 metros de largura e inclui um museu de arte moderna


QUEM DISSE QUE AS LOIRAS SÃO BURRAS?



Uma loira está conduzindo o seu novinho Audi a toda velocidade, quando, sem se aperceber , sai da sua via,quase bate de frente num camião que vem em sentido contrário.
O motorista faz sinal para que ela pare o carro. Quando eles param, o motorista sai do camião, tira do bolso um pedaço de giz , desenha um círculo na estrada, e diz:
Fique dentro do círculo e NÃO SE MEXA! De seguida vai até ao carro dela, tira o som e corta todo o estofo de couro.
Quando ele se vira para a loira, repara que ela tem um discreto sorriso no rosto.
Ah! você acha isto engraçado? Então olhe o que vou fazer! Pega num taco de beisebol e quebra todos os vidros do Audi .
De seguidas, vira-se e vê que ela está a fazer um grande esforço para não rir .
O homem fica louco. Pega no canivete e fura todos os pneus do Audi. A loira não consegue controlar o riso e solta uma sonora gargalhada.
O motorista perde o controle, vai até ao camião, pega numa lata com gasolina, rega o carro e deita-lhe fogo. Então a loura começa a gargalhar descontroladamente:
O que pode ser tão engraçado , hein?! HEIN? pergunta ele, furioso:
A loira responde: ? Enquanto você não estava a olhar, eu saí do círculo 4 vezes!!!

TODOS TÊM DIREITO AO CÉU



São Pedro recebe três homens à porta do Céu.

Pergunta ele ao primeiro:

- De que religião és?

- Sou budista...

- Segue sempre e entra na porta número 8. Não faças barulho ao passar na porta 5.

A seguir pergunta ao segundo:

- De que religião és?

- Sou muçulmano...

- Porta número 10. Não faças barulho ao passar na porta 5.

O homem entra e ele pergunta ao terceiro:

- E tu, de que religião és?

- Sou hindu...

- Porta número 7. Não faças barulho ao passar na 5.

- Está bem, mas... Eu reparei que também disse isso aos outros... Há algum problema com a porta número cinco?

Não! É que estão lá os católicos, e eles julgam que são os únicos aqui .

sábado, 14 de julho de 2012

SERÁ SÓ MIGUEL RELVAS?



1-Miguel Relvas tem direito a uma pensão vitalícia de 2800 euros por mês, pelos anos em que foi deputado e membro do governo.O ministro dos assuntos parlamentares suspendeu esta subvenção quando foi para o atual governo, mas mesmo assim, terá recebido a este título mais de 14 mil euros referentes aos primeiros meses de 2011, segundo o CM.

2-Jorge Roque da Cunha, secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos, DEPUTADO pelo PSD em três mandatos. Terá uma pensão vitalícia de 2.800 euros como MIGUEL RELVAS?

V [1987-08-13 a 1991-11-03]
Lisboa
PSD
VI [1991-11-04 a 1995-10-26]
Lisboa
PSD
VII [1995-10-27 a 1999-10-23]

PARA NÃO FICAR NO ESQUECIMENTO.

AS AFIRMAÇÕES DE PASSOS COELHO ANTES DE SER GOVERNO :

« O PSD chumbou o PEC IV porque não é possível exigir mais sacrifícios aos portugueses, nem pode incidir sempre no aumento dos impostos e cortes no rendimento»"

«Já ouvi o primeiro-ministro dizer que o PSD quer acabar com o 13.º mês, mas nós nunca falámos disso, e é um disparate.»

"Estamos disponíveis para soluções positivas, não para penhorar o futuro tapando com impostos o que não se corta na despesa."

"Aceitarei reduções nas deduções no dia em que o Governo anunciar que vai reduzir a carga fiscal às famílias."

"Vamos ter de cortar em gorduras e de poupar. O Estado vai ter de fazer austeridade, basta de aplicá-la só aos cidadãos.
(Por Fernanda Câncio)

A MENTIRA DE FÁTIMA - PADRE PORTUGUÊS CONTA TUDO.

O MELHOR DA POLÍTICA PORTUGUESA

sexta-feira, 13 de julho de 2012

POLÍTICA, MAÇONARIA E ENSINO





PORQUE HÁ TANTOS CHUMBOS A PORTUGUÊS!!!



Aqui está um magnífico texto!
A escritora Teolinda Gersão publicou este texto no Facebook. Parar para ler, sff.

«Tempo de exames no secundário, os meus netos pedem-me ajuda para estudar português. Divertimo-nos imenso, confesso. E eu acabei por escrever a redacção que eles gostariam de escrever. As palavras são minhas, mas as ideias são todas deles. Aqui ficam, e espero que vocês também se divirtam. E depois de rirmos espero que nós, adultos, façamos alguma coisa para libertar as crianças disto.


Redacção – Declaração de Amor à Língua Portuguesa

Vou chumbar a Língua Portuguesa, quase toda a turma vai chumbar, mas a gente está tão farta que já nem se importa. As aulas de português são um massacre. A professora? Coitada, até é simpática, o que a mandam ensinar é que não se aguenta. Por exemplo, isto: No ano passado, quando se dizia “ele está em casa”, ”em casa” era o complemento circunstancial de lugar. Agora é o predicativo do sujeito.”O Quim está na retrete” : “na retrete” é o predicativo do sujeito, tal e qual como se disséssemos “ela é bonita”. Bonita é uma característica dela, mas “na retrete” é característica dele? Meu Deus, a setôra também acha que não, mas passou a predicativo do sujeito, e agora o Quim que se dane, com a retrete colada ao rabo.

No ano passado havia complementos circunstanciais de tempo, modo, lugar etc., conforme se precisava. Mas agora desapareceram e só há o desgraçado de um “complemento oblíquo”. Julgávamos que era o simplex a funcionar: Pronto, é tudo “complemento oblíquo”, já está. Simples, não é? Mas qual, não há simplex nenhum,o que há é um complicómetro a complicar tudo de uma ponta a outra: há por exemplo verbos transitivos directos e indirectos, ou directos e indirectos ao mesmo tempo, há verbos de estado e verbos de evento,e os verbos de evento podem ser instantâneos ou prolongados, almoçar por exemplo é um verbo de evento prolongado (um bom almoço deve ter aperitivos, vários pratos e muitas sobremesas). E há verbos epistémicos, perceptivos, psicológicos e outros, há o tema e o rema, e deve haver coerência e relevância do tema com o rema; há o determinante e o modificador, o determinante possessivo pode ocorrer no modificador apositivo e as locuções coordenativas podem ocorrer em locuções contínuas correlativas. Estão a ver? E isto é só o princípio. Se eu disser: Algumas árvores secaram, ”algumas” é um quantificativo existencial, e a progressão temática de um texto pode ocorrer pela conversão do rema em tema do enunciado seguinte e assim sucessivamente.

No ano passado se disséssemos “O Zé não foi ao Porto”, era uma frase declarativa negativa. Agora a predicação apresenta um elemento de polaridade, e o enunciado é de polaridade negativa.

No ano passado, se disséssemos “A rapariga entrou em casa. Abriu a janela”, o sujeito de “abriu a janela” era ela,subentendido. Agora o sujeito é nulo. Porquê, se sabemos que continua a ser ela? Que aconteceu à pobre da rapariga? Evaporou-se no espaço?

A professora também anda aflita. Pelo vistos no ano passado ensinou coisas erradas, mas não foi culpa dela se agora mudaram tudo, embora a autora da gramática deste ano seja a mesma que fez a gramática do ano passado. Mas quem faz as gramáticas pode dizer ou desdizer o que quiser, quem chumba nos exames somos nós. É uma chatice. Ainda só estou no sétimo ano, sou bom aluno em tudo excepto em português,que odeio, vou ser cientista e astronauta, e tenho de gramar até ao 12º estas coisas que me recuso a aprender, porque as acho demasiado parvas. Por exemplo,o que acham de adjectivalização deverbal e deadjectival, pronomes com valor anafórico, catafórico ou deítico, classes e subclasses do modificador, signo linguístico, hiperonímia, hiponímia, holonímia, meronímia, modalidade epistémica, apreciativa e deôntica, discurso e interdiscurso, texto, cotexto, intertexto, hipotexto, metatatexto, prototexto, macroestruturas e microestruturas textuais, implicação e implicaturas conversacionais? Pois vou ter de decorar um dicionário inteirinho de palavrões assim. Palavrões por palavrões, eu sei dos bons, dos que ajudam a cuspir a raiva. Mas estes palavrões só são para esquecer, dão um trabalhão e depois não servem para nada, é sempre a mesma tralha, para não dizer outra palavra (a começar por t, com 6 letras e a acabar em “ampa”, isso mesmo, claro.)

Mas eu estou farto. Farto até de dar erros, porque me põem na frente frases cheias deles, excepto uma, para eu escolher a que está certa. Mesmo sem querer, às vezes memorizo com os olhos o que está errado, por exemplo: haviam duas flores no jardim. Ou : a gente vamos à rua. Puseram-me erros desses na frente tantas vezes que já quase me parecem certos. Deve ser por isso que os ministros também os dizem na televisão. E também já não suporto respostas de cruzinhas, parece o totoloto. Embora às vezes até se acerte ao calhas. Livros não se lê nenhum, só nos dão notícias de jornais e reportagens,ou pedaços de novelas. Estou careca de saber o que é o lead, parem de nos chatear. Nascemos curiosos e inteligentes, mas conseguem pôr-nos a detestar ler, detestar livros, detestar tudo. As redacções também são sempre sobre temas chatos, com um certo formato e um número certo de palavras. Só agora é que estou a escrever o que me apetece, porque já sei que de qualquer maneira vou ter zero. E pronto, que se lixe, acabei a redacção - agora parece que se escreve redação.O meu pai diz que é um disparate, e que o Brasil não tem culpa nenhuma, não nos quer impôr a sua norma nem tem sentimentos de superioridade em relação a nós, só porque é grande e nós somos pequenos. A culpa é toda nossa, diz o meu pai, somos muito burros e julgamos que se escrevermos ação e redação nos tornamos logo do tamanho do Brasil, como se nos puséssemos em cima de sapatos altos. Mas, como os sapatos não são nossos nem nos servem, andamos por aí aos trambolhões, a entortar os pés e a manquejar. E é bem feita, para não sermos burros.
E agora é mesmo o fim. Vou deitar a gramática na retrete, e quando a setôra me pe.rguntar: Ó João, onde está a tua gramática? Respondo: Está nula e subentendida na retrete, setôra, enfiei-a no predicativo do sujeito.

João Abelhudo, 8º ano, setôra, sem ofensa para si, que até é simpática.»

A IMPORTÂNCIA DA FOTO NO CURRÍCULO!!!

Presado Cenhor,
Quero candidatarme pra o lugar de ceqretária que vi no jornau. Eu teclo muito de pressa con um dedo e fasso contas ben.Axo que sou boa ao tefone em bora seija uma peçoa sem muito extudo.
O meu salario tá aberto há discução pra que o senhor possa ver o que mi pode
pagar e o Cenhor axar qui eu meresso.Pósso comessar imediatamente. Agradessida em avanso pela sua resposta.
Cinceramente,Catia Vanessa Silva
PS: Como o meu currico é muinto piqueno, abaicho tem 1 foto minha
.



Resposta do Empregador:
Querida Catia Vanessa,O emprego é seu. Nós temos correção automática no word.Compareça já amanhã...Beijos!!!

SAIBA COMO BAIXAR O IMI




Joaquim Dantas reduziu a factura do IMI em quase 50% através da reavaliação fiscal da sua casa. Saiba como baixar o seu imposto.
Joaquim Dantas ficou surpreendido com o que poderia poupar se solicitasse a avaliação do seu apartamento às Finanças: em vez de pagar 986 euros de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) como no ano passado, a factura do associado da Deco baixaria para 527 euros. Embora o valor patrimonial da sua habitação tenha subido para as Finanças devido à reavaliação, a redução da taxa do IMI de 0,675% para 0,35% (em vigor em Lisboa) mais do que compensou no imposto a pagar pelo associado. A taxa de 0,675% é a aplicada aos prédios urbanos que não tenham sido avaliados nos termos do código do IMI, publicado no final de 2003. Como a taxa de conservação de esgotos em Lisboa, onde está localizada a habitação de Joaquim Dantas, é praticamente quatro vezes inferior para prédios avaliados à luz do código do IMI (0,044% contra 0,169% sobre o valor patrimonial), a sua despesa neste item também baixou. Em vez de pagar 246 euros, pagará 66 euros. Feitas as contas, o pedido de avaliação representará uma queda de 639 euros nos custos.

1-Avaliação forçada em curso

Está a decorrer um processo de avaliação geral dos prédios que ainda não tenham sido avaliados pelas regras do código do IMI. Essa avaliação incide sobre imóveis que não tenham sido transaccionados nem inscritos nas Finanças depois de 1 de Dezembro de 2003, e que até 1 de Dezembro de 2011 não estivessem envolvidos numa avaliação. Se o seu imóvel estiver nesta situação, não deve agir: o processo de avaliação é efectuado pelas Finanças. Ao longo de 2012 deverá ser notificado com o novo valor patrimonial tributário. Se não concordar com esse valor, pode pedir uma segunda avaliação no prazo de 30 dias. A segunda avaliação tem um custo mínimo de 204 euros sempre que o valor contestado se mantenha ou suba.

2-Pode desagravar o IMI
Se para a maioria é previsível que o imposto aumente, também se espera algumas reduções. Por um lado, essa avaliação actualiza o valor patrimonial tributário, que tenderá a subir, mas, por outro, a taxa de imposto é menor em relação às taxas usadas para os prédios não avaliados segundo o Código. Em média, a redução das taxas, definidas pelas autarquias, é de 47%. Se o incremento do valor patrimonial tributário for inferior, em percentagem, à redução da taxa de imposto, o valor do IMI baixa. Os especialistas da Proteste Investe estimam que, para fracções de prédios em regime de propriedade horizontal cuja data de emissão da licença de utilização tenha ocorrido entre 2001 e 2003, a avaliação represente uma redução da factura de IMI.

3-Imóveis recentes também poupam
Mesmo no caso de prédios que já foram avaliados à luz do Código do IMI é possível reduzir a factura. Uma das parcelas que determina o valor tributário de um imóvel é o preço do terreno no ano da construção. O valor do metro quadrado foi sempre inflacionado, desde os 600 euros iniciais até 615 euros em 2008, como pode ver na figura ao lado. A partir desse ano, o fisco baixou gradualmente os preços para responder à crise no mercado imobiliário. O preço estabilizou-se desde 2010 nos 603 euros. Se a sua habitação foi avaliada entre 2006 e 2008, o valor de construção que ainda hoje é considerado para efeitos fiscais é de 615 euros por metro quadrado, quando as próprias Finanças já reduziram este valor para 603 euros. Esta variável não é actualizada automaticamente, por isso pode estar a pagar um IMI superior ao que estaria se a avaliação tivesse sido feita em 2012. O coeficiente de vetustez é outra variável considerada para o cálculo do valor patrimonial tributário: depende do número inteiro de anos desde a data da licença de utilização ou da data de conclusão das obras de edificação. Este valor diminui em função da antiguidade do imóvel. Mas, mais uma vez, esta variável não é actualizada automaticamente e, assim, o valor considerado pode não ser o real, mas o do ano da avaliação. Se o seu imóvel tiver sido avaliado pelas regras do código do IMI no ano da emissão da licença de utilização e se, após três anos, pedir uma nova avaliação, o valor do imposto terá uma redução de 10% apenas pelo efeito do coeficiente de vetustez, não considerando eventuais impactos de 4-outras variáveis.

4-Simule antes de pedir uma avaliação
Antes de solicitar uma actualização do valor patrimonial deve averiguar se poupará. Pode recorrer ao sítio na Internet da Autoridade Tributária e Aduaneira que permite simular esse valor. Ao efectuar a simulação confirme que não ocorreram ajustamentos nos outros coeficientes (como o coeficiente de localização e o coeficiente de qualidade e conforto). O resultado obtido em www.e-financas.gov.pt/SIGIMI/default.jsp deve ser comparado com o montante indicado na caderneta predial actualizada. Se o valor da simulação for inferior ao valor da caderneta, então pode valer a pena proceder junto das Finanças a uma reclamação da matriz, com base na desactualização do valor patrimonial tributário, pois o seu IMI deverá baixar.

5-Pedido de avaliação
Só pode fazer este pedido se já tiverem passados três anos desde a última avaliação. Para solicitar a reclamação tem de apresentar nas Finanças um documento escrito com os fundamentos do pedido. O pedido de reclamação ainda é gratuito. Se não concordar com o valor patrimonial tributário atribuído, pode pedir uma segunda avaliação no prazo de 30 dias a contar da data de notificação. Esta avaliação tem um custo mínimo de 765 euros, podendo atingir os 3.060 euros. Este valor não é reembolsável, mesmo que o fisco lhe dê razão.

-Poupe nos esgotos
Em algumas autarquias, a taxa de conservação de esgotos incide sobre o valor patrimonial do imóvel. Se o prédio urbano tiver sido avaliado pelo código do IMI, a taxa não pode exceder um oitavo da taxa do IMI. Para os outros prédios, a taxa é superior, não podendo exceder um quarto da taxa do IMI. É por isso que, nesses municípios, aqueles que conseguirem baixar o IMI também poupam na taxa de conservação de esgotos, como aconteceu com Joaquim Dantas.

7-Finanças devem actualizar idade dos imóveis
O coeficiente de vetustez depende unicamente da idade do imóvel. Todavia, se o proprietário não fizer alguma coisa, o coeficiente não é actualizado pelo fisco à medida que o prédio envelhece. Ao não ser actualizado automaticamente, são colectados impostos e taxas em excesso. Exige-se que o Estado actue em conformidade com a lei, não tirando proveito do desconhecimento ou da inércia dos contribuintes. Além disso, não se entende porque as Finanças cobram um mínimo de 765 euros (pode ir aos 3060 euros) por uma segunda avaliação, um valor não reembolsável. No âmbito da avaliação geral dos prédios, o valor mínimo é de 204 euros, ainda assim excessivo. Claramente que é um desincentivo aos pedidos de actualizações do valor patrimonial, pois o seu valor é despropositado em relação ao seu custo real. As Finanças, no âmbito do processo de avaliação geral, estão a pagar um máximo de 5,50 euros aos técnicos por cada avaliação. Exige-se que o valor cobrado esteja em consonância com o custo efectivo de uma segunda avaliação e que só seja imputado no caso do valor contestado não baixar.
(Trabalho publicado na edição de 6 de Julho de 2012 do Diário Económico)

CARTA ABERTA AO REITOR DA UNIV.LUSÓFONA




Carta aberta ao reitor da Universidade Lusófona
"Exmo. Reitor.
Foi com grande satisfação que soube que a Universidade Lusófona conferiu uma licenciatura em Ciência Política ao Dr. Miguel Relvas em apenas 14 meses, reconhecendo dessa forma a sua elevada estatura intelectual. Sempre sonhei com o alargamento das Novas Oportunidades ao Ensino Superior e fiquei muito feliz por terem dado o devido valor à cadeira de Direito que o senhor ministro fez há 27 anos com nota 10.
Depois, naturalmente, o processo foi "encurtado por equivalências reconhecidas" (palavras do Dr. Relvas), após análise do seu magnífico currículo profissional.
É dentro desse mesmo espírito que vinha agora solicitar igual tratamento para a minha pessoa. Embora seja licenciado pela Universidade Nova com uns simpáticos 17 valores, a verdade é que o curso levou--me quatro anos a concluir e o Jornalismo anda pela hora da morte.
Nesse sentido, e após análise da oferta disponível no site da universidade, venho por este meio requerer a atribuição do grau de licenciado em: Animação Digital (tenho visto muitos desenhos animados com os meus filhos), Ciência das Religiões (às vezes vou à missa), Ciências Aeronáuticas (já viajei muito de avião), Ciências da Nutrição (como imensa fruta), Direito (fui duas vezes processado), Economia (sustento uma família numerosa), Fotografia (tiro sempre nas férias) e Turismo (visitei 15 países). Já agora, se a Universidade Lusófona vier a ministrar Medicina, não se esqueça de mim.
A minha mulher é médica, e tendo em conta que eu durmo com ela há mais de dez anos, estou certo de que em seis meses posso perfeitamente ser doutor.
Respeitosamente,
João Miguel Tavares
"

quinta-feira, 12 de julho de 2012

TIPOS DE GALOS..APLICA-SE A QUALQUER "RAÇA"!

NA CONSULTA COM UMA MÉDICA UROLOGISTA

NA CONSULTA COM A UROLOGISTA:


PACIENTE: A senhora jura que não vai rir ?
MÉDICA
- Claro que sim!!! respondeu exaltada. Sou uma profissional da saúde. Existe um código de ética em questão!!! Em mais de 20 anos de profissão nunca ri de nenhum paciente!!!
PACIENTE
- Tudo bem, então, deixou cair as calças, revelando o menor órgão sexual masculino que ela havia visto na vida. Considerados o comprimento e o diâmetro, não era maior do que uma bateria AAA (pilha palito). Incapaz de controlar-se, a médica começou a dar risadas e não conseguia segurar o ataque de riso. Poucos minutos, recuperando a compostura.
MÉDICA - Sinto muitíssimo, não sei o que aconteceu comigo. Dou a minha palavra de honra de médica e de dama que isso nunca mais acontecerá. Agora diga-me, qual é o problema?
PACIENTE - Tá inchado...!

terça-feira, 10 de julho de 2012

QUEM É O SEXO FRACO, HOMEM OU MULHER?


Quando o casamento entra na rotina, o marido entra com muito cuidado na cama e sussurra suave e apaixonadamente ao ouvido da mulher:
Estou sem cuecas.
E a mulher, sem abrir os olhos, responde:
Amanhã compro umas para você !
Aí, ele diz:
Amor, quero amá-la.
Ela responde:
A mala tá em cima do guarda-roupa!
Numa última tentativa, ele sussurra novamente:
Você não entendeu, eu vou amar-te.
E a mulher responde:
Vá a Marte, a Júpiter, ao raio que o parta ... mas deixa -me dormir, PORRA !!!

NÃO PODIA ESTAR MELHOR!!!

segunda-feira, 9 de julho de 2012

NA CRISE, TAMBÉM PODEMOS TER HUMOR!

PINTO DA COSTA E O CHECK-UP ANUAL!


PINTO DA COSTA com 74 anos foi fazer o seu check-up anual

O médico perguntou-lhe como é que ele se estava a sentir, ao que PINTO DA COSTA respondeu:
- Nunca me senti tão bem. A minha nova esposa tem 26 anos e está grávida..., esperando um filho meu. Estou muito feliz. Qual é a sua opinião a meu respeito, doutor?
O médico refletiu por um momento e disse:
- Deixe-me contar-lhe uma história: conheço um tipo que era um caçador fanático,... nunca perdeu uma única época de caça. Mas, um dia, por engano, enfiou o seu guarda-chuva na mochila em vez da arma. Quando estava na floresta, um urso repentinamente apareceu na sua frente. Ele sacou o guarda-chuva da mochila, apontou para o urso e..., BANG..., o urso caiu morto.
Responde Pinto da Costa:
- HA! HA! HA! Isso é impossível..., algum outro caçador deve ter dado um tiro no urso por ele.
- Exatamente!!!...

domingo, 8 de julho de 2012

O DÉFICE PORTUGUÊS



Assunto: O DÉFICE???Para: CDS-PP <cds-pp@cds.pt>, Gab Ministro das Finanças <gab.mf@mf.gov.pt>, Grupo Parlamentar CDS-PP <gp_pp@cds.parlamento.pt>, Grupo Parlamentar PSD <gp_psd@psd.parlamento.pt>, Presidente da Republica <belem@presidencia.pt>, PSD <psd@psd.pt>Cc: BE <bloco.esquerda@bloco.org>, PCP <pcp@pcp.pt>, PEV <pev@osverdes.pt>, Portal PS <Portal@ps.pt>, Grupo Grupo Parlamentar do PCP <gp_pcp@pcp.parlamento.pt>, Grupo Grupo Parlamentar Os Verdes <PEV.Correio@pev.parlamento.pt>, Grupo Parlamentar BE <gp_be@be.parlamento.pt>, Grupo Parlamentar PS <gp_ps@ps.parlamento.pt>, Expresso <rcosta@expresso.impresa.pt>

"Exmo. Senhor Ministro das Finanças, Dr. Vítor Gaspar

Está quase a fazer um ano que você, pouco depois de tomar posse, teve o cuidado de alertar o Povo que, dado o despesismo do governo anterior, estaríamos perante um “DESVIO COLOSSAL”.
Segundo dados oficiais, no primeiro trimestre do ano de 2011, o défice era de 7,5% É claro que logo de seguida procurou justificar-se e dizer que o que teria transmitido é que seria necessário um “ESFORÇO COLOSSAL” para cumprir o objectivo do défice para esse ano e que era 5,9%.
Vai daí, pensou de imediato, em conluio com a sua “pandilha”, que seria necessário “ROUBAR” parte do subsídio de Natal dos portugueses e parte de pensão anual dos reformados.
Se rápido pensou, mais rápido o decretou, apoiando-se numa “cáfila de mentirosos” que, enganando o Povo, conseguiram ser eleitos para o representar. Juntou a tal medida uma subida brutal do IVA da eletricidade e... tomai lá!
Mas, tais medidas não chegariam, sendo necessário então “vender a alma ao diabo” que é o mesmo que dizer comprar dívida para o futuro dos portugueses – não são só os contratos das PPPs – e “apoderou-se” dos fundos de pensões dos bancários, assegurando contudo que estes receberiam sempre 14 prestações por ano.
MILAGRE!!! O governo de Passos & Portas, do qual você faz parte, com as medidas tomadas por tão grande figura das finanças mundiais, que é você, conseguiu uma mentira de défice de 4,2%, quando o que lhe era pedido era de 5,9%. ISTO FOI OBRA E FICAMOS MUITO BEM NO RETRATO!!!
Mas a seguir ao ano de 2011, ano em que poderia sempre atirar a culpa para cima dos outros, conforme sua descoberta(?), veio o ano de 2012, cujo objectivo é de 4,5% (superior a 4,2 conseguidos). Então, atempadamente e mais uma vez com o apoio daquela coligação de mentirosos, você decidiu logo que a uma parte dos portugueses, aqueles que trabalhassem para o Estado - mas não todos – e a todos os reformados, lhes seria “CONFISCADO/ROUBADO” dois catorze avos dos seus rendimentos anuais do trabalho ou das pensões, ou seja, mais de catorze por cento, “borrifando-se” (para não utilizar um termo mais brejeiro mas popular) para o principio de equidade e outros que constam na principal lei do nosso País, a CONSTITUIÇÃO!
Claro que a isto se juntou um chorrilho de aumentos de outros impostos, com especial ênfase no IVA em bens essenciais e na restauração.
Mas, ai meu Deus! Então não é que com todas estas grandes medidas tomadas por um super-economista de “renome mundial(?)”, o défice atingido no primeiro trimestre de primeiro ano sem Sócrates é de 7,9%, para um objetivo de 4,5% no final do ano e como tal superior a igual período do ano anterior!
Até o meu merceeiro que tem a sua contabilidade de lápis atrás da orelha me disse que era “UM DESVIO MONSTRUOSO”. É verdade Senhor Ministro?
Porque é que senhor não faz como a sua colega da agricultura? Pediu aos santinhos dela que chovesse e demorou... mas a chuva lá veio. Agora “roubar” aos mais fracos..., os santinhos não gostam disso.
É verdade que o seu chefe, o Passos & Portas, lhe exige que tem que ir aos 4,5% “CUSTE O QUE CUSTAR”?
Não tenha receio e faça como faria o meu merceeiro, comece por arrumar a casa. Reduza aos comilões na Assembleia da República e poupa aí um montão de massa! Ai não é consigo? Então fale com o nosso Presidente da República e, para juntar mais um dinheirito, a seguir pode ser ele que jurou cumprir aquilo que não cumpre. Acabe também com “aqueles institutos e observatórios” que vocês disseram que não serviam para nada a não ser para empregar os vossos correligionários....
É que vocês, durante um ano o que fizeram foi:
Dizer mal do governo anterior
Desculpar-se com o governo anterior
Inaugurar as obras do governo anterior
Anunciar as reformas que ninguém vê! O que se vê é o défice a aumentar, a divida a crescer, o desemprego a aumentar assustadoramente, as empresas a fechar a recessão a aumentar...,etc..
Empobreceram o País e os Portugueses conforme decretaram depois de se instalarem no poleiro.
Distribuíram os “TACHOS” pelos amigos da coligação e a fome pelo Povo
Fecharam o País para férias dos “velhos” lá de fora porque aos de cá de dentro roubaram-lhes esse direito
NÃO ACHAM QUE ESTÁ NA ALTURA DE FAZEREM ALGUMA COISA DAQUILO QUE PROMETERAM AOS PORTUGUESES?
Mas meus senhores....., NÃO ACABEM COM O POVO PORQUE SENÃO... O POVO ACABA COM VOCÊS!!!
Joaquim Eurico Ferreira"