sábado, 5 de agosto de 2017

MOSCAVIDE E PORTELA - CÂMARA MUNICIPAL APROVA CEDÊNCIA DE TERRENO À CRUZ VERMELHA PORTUGUESA E À UNIÃO DAS FREGESIAS DE MOSCAVIDE E PORTELA

28.07.2017
                                                    Câmara Municipal aprova cedência de terreno à Cruz Vermelha Portuguesa e à União das Freguesias de Moscavide e Portela

Foi aprovada, em Reunião de Câmara, a proposta de submeter à Assembleia Municipal a celebração de contrato de constituição de direito de superfície a favor da Cruz Vermelha Portuguesa, bem como das novas instalações da sede da União das Freguesias de Moscavide e Portela.
Ler aqui:

Câmara Municipal aprova cedência de terreno à Cruz Vermelha ...

3 Comentários:

Às 5 de agosto de 2017 às 21:46 , Anonymous Anónimo disse...

"Poeira para os olhos de quem"?
Quem acredita nas contrapartidas da Cruz Vermelha Portuguesa?
Vejamos:
"Com esta cedência, a Cruz Vermelha Portuguesa, compromete-se, também, a construir, sob suas expensas, um edifício destinado às novas instalações da sede da União das Freguesias de Moscavide e Portela, bem como os respetivos arranjos exteriores.
A Cruz Vermelha Portuguesa, compromete-se, ainda, no âmbito deste equipamento, a disponibilizar estacionamento à população durante o período noturno, bem como à priorização de atendimento, nos serviços prestados, aos residentes naquela união de freguesia"
Carlos Alves

 
Às 6 de agosto de 2017 às 00:07 , Anonymous Anónimo disse...

Duas questões: porquê a aprovação à beira das autárquicas e num período de férias? Porque é que não avança o projeto da Sta. Casa da Misericórdia na urbanização do Cristo Rei que, tanto quanto se sabe, estava aprovado?
Arménio Silva

 
Às 6 de agosto de 2017 às 16:41 , Anonymous Anónimo disse...

Não avançou o projeto da Santa Casa da Misericódia de Moscavide,porque não houve vontade de alguém, embora o atual Presidente da Câmara, Bernardino Soares em 2013 em plena campanha eleitoral, quando andava à caça dos votos na Urbanização, tenha prometido que a obra ia ser uma realidade, mas ficou só no "trinta e um de boca".

1 - Em Junho de 2006 a Câmara Municipal de Loures e Assembleia Municipal de Loures cederam à
Santa Casa da Misericórdia de Moscavide a Parcela " D " com 3.300 m2 para a construção de um "Parque Social", com equipamento para lar de idosos, localizada na Quinta do Cabeço e Quinta do Candeeiro, actualmente denominada Urbanização dos Jardins do Cristo Rei.

2 - Conforme projecto do ATELIER ÓSCAR SANTOS, está previsto no PARQUE SOCIAL DE MOSCAVIDE, a construção de um edifício destinado a uma Creche para 66 crianças, um Lar de Idosos com capacidade para 60 camas , Núcleo de Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados com Capacidade para 60 camas,Residências assistidas com capacidade para 24 Apartamentos T1 e Serviços de Apoio Domiciliário para 50 Utentes.
Carlos Alves

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial