quarta-feira, 4 de abril de 2018

EU E AS ÁRVORES - A VIDA FLORESCENTE DE UM PINHEIRO


       arvores
                                               
04/04/201
Hoje um vizinho decidiu terminar com a vida florescente de um pinheiro com uns bons 15 metros de altura. Quando cheguei vi o estandarte, a moto-serra começou a debitar ruído desesperado e os ramos começaram a cair, seguros por cordas que um operário, empoleirado no alto do tronco, faz descer para a relva. É uma decisão.
Ler aqui:

Eu e as árvores – Aventar

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial