sábado, 28 de dezembro de 2013

CÓDIGO DA ESTRADA - NOVAS REGRAS A PARTIR DE 1 DE JANEIRO DE 2014

                                  
Cerco apertado ao álcool para profissionais e recém-encartadosCerco apertado ao álcool para profissionais e recém-encartados
           
O Código da Estrada vai sofrer várias alterações a partir do próximo ano. Limites de álcool mais apertados, multas para condutores que cometam infracções em rotundas, mudanças na utilização de dispositivos móveis, introdução de zonas de coexistência… Estas são algumas das novas regras que entram em vigor já na próxima quarta-feira, dia 1 de Janeiro de 2014, de acordo com i.
      
Mas vamos por partes. No que toca ao álcool, o cerco vai ficar mais apertado para os condutores profissionais e recém-encartados, que têm menos três anos de carta, sendo que nestes casos a taxa mínima baixa para os 0,2 g/l, que actualmente se situa nos 0,5 g/l para os restantes condutores.
Quanto às rotundas, os automobilistas que, por exemplo, circulem na fixa da direita sem ter intenção de sair numa das duas primeiras saídas, incorrem numa multa que varia entre os 60 e os 300 euros.
Já quanto aos dispositivos móveis, a partir de dia 1 só podem ser utilizados aparelhos com um único auricular, sendo expressamente proibido usar outros tipos de dispositivos.
Uma outra introdução prende-se com a criação de zonas de coexistência, que têm o intuito de devolver as ruas aos peões nas áreas residenciais, nas quais o limite máximo de velocidade se fixa nos 20 km/h e onde os chamados utilizadores vulneráveis, como crianças, idosos, grávidas, deficientes e condutores de velocípedes, podem utilizar toda a largura da via pública.
Acresce também que o condutor deverá ser melhor informado sobre os seus direitos, quando é mandado parar pelas autoridades.
De salientar que os condutores, que ainda não sejam portadores do Cartão de Cidadão, têm que passar a andar acompanhados pelo Cartão de Contribuinte, apresentando-o juntamento com o Bilhete de Identidade. Caso não o tenha consigo, arrisca-se a ter que pagar 30 euros.

1 Comentários:

Às 28 de dezembro de 2013 às 18:45 , Anonymous Anónimo disse...

e o que tem cartao de contribuinte com segurança nas estradas? isso so para chatear, ou logo para ver se coima pode ser alta ou baixa. depend do orçamento. mas posso apostar, que os politicos e ricos mesmo assim nao vao pagar nada. mafiosos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial