sábado, 28 de dezembro de 2013

FAÇA-SE JUSTIÇA




(RiseUP Portugal)                                                  FAÇA-SE JUSTIÇA
                                     FAÇA-SE JUSTIÇA

Os crimes são tantos e tão grandes que não há cidadão de bem que não queira castigar aqueles que colocaram famílias inteiras no desespero, na fome e na miséria.

A crise tem autores que têm nome e rosto, e eles andam por aí diariamente nos ecrãs das televisões. Será que esta gentalha não abandona a obstinação de lançar sempre mais e mais gente na miséria?

Por cada homem e mulher sem trabalho que vive no desespero a ver os seus filhos privados de pão. Não sabem estes pulhas que há chefes de família que trabalham e o ordenado não dá para sustentar esta, e lhe vão sacar o dinheiro que não têm?

Por cada pai perdido na angústia, sem auto-estima e sem capacidade de lutar mais porque a sua luta é inglória.

Não se apeceberam estes crápulas que há muitos milhares de homens e mulheres de cabeça perdida e que só não se abeiraram deles fazendo-se explodir porque não têm os meios ou não os deixam aproximar-se?

Sabem estes gatunos que talvez por menos estouraram com o rei, o Afonso Costa e o João Franco não tombou porque se escondeu bem?

Por cada criança sem amor e sem calor humano que a proteja.
Pela raiva de todos os portugueses humilhados, ofendidos e vilipendiados por estes gangues que lançaram milhões na miséria, faça-se Justiça.

Estes bandidos mergulharam o país numa crise ao ponto de o fazer perder a independência.Venderam a nossa Soberania,hipotecaram o nosso presente,o futuro dos nossos,filho,netos,roubando tudo e colocando nos paraísos fiscais (offshores) os triliões fruto dos seus roubos.

Continuam a vender tudo que é do Estado aos seus patrões estrangeiros para que o povo, quando se libertar dos bandidos, não tenha uma migalha de que se valer para sobreviver.
Se de facto vamos "morrer" ou ser submetidos à escravatura, então vamos ajustar contas primeiro.

Joe Wolf 
www.facebook.com/joe.wolf.1004
                                                                 
Os crimes são tantos e tão grandes que não há cidadão de bem que não queira castigar aqueles que colocaram famílias inteiras no desespero, na fome e na miséria.

A crise tem autores que têm nome e rosto, e eles andam por aí diariamente nos ecrãs das televisões. Será que esta gentalha não abandona a obstinação de lançar sempre mais e mais gente na miséria?...

Por cada homem e mulher sem trabalho que vive no desespero a ver os seus filhos privados de pão. Não sabem estes pulhas que há chefes de família que trabalham e o ordenado não dá para sustentar esta, e lhe vão sacar o dinheiro que não têm?

Por cada pai perdido na angústia, sem auto-estima e sem capacidade de lutar mais porque a sua luta é inglória.

Não se apeceberam estes crápulas que há muitos milhares de homens e mulheres de cabeça perdida e que só não se abeiraram deles fazendo-se explodir porque não têm os meios ou não os deixam aproximar-se?

Sabem estes gatunos que talvez por menos estouraram com o rei, o Afonso Costa e o João Franco não tombou porque se escondeu bem?

Por cada criança sem amor e sem calor humano que a proteja.
Pela raiva de todos os portugueses humilhados, ofendidos e vilipendiados por estes gangues que lançaram milhões na miséria, faça-se Justiça.

Estes bandidos mergulharam o país numa crise ao ponto de o fazer perder a independência.Venderam a nossa Soberania,hipotecaram o nosso presente,o futuro dos nossos,filho,netos,roubando tudo e colocando nos paraísos fiscais (offshores) os triliões fruto dos seus roubos.

Continuam a vender tudo que é do Estado aos seus patrões estrangeiros para que o povo, quando se libertar dos bandidos, não tenha uma migalha de que se valer para sobreviver.
Se de facto vamos "morrer" ou ser submetidos à escravatura, então vamos ajustar contas primeiro.


Joe Wolf
www.facebook.com/joe.wolf.1004

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial